3

Fábio Macedo defende serviços do Uber no Maranhão…

O deputado estadual e líder da bancada do PDT na Assembleia Legislativa, Fábio Macedo, se posicionou em favor dos serviços de transporte Uber no estado.

De acordo com o parlamentar pedetista, a atividade, além de gerar emprego e renda para os maranhenses, dá a liberdade de escolha para os usuários, que tem uma opção mais barata e confortável de transporte.

– Temos que entender que os serviços do Uber vieram para ficar, na maioria das capitais brasileiras o serviço funciona muito bem e tem garantido a satisfação das pessoas que o usam para se deslocar. Assim como em outros mercados, a livre concorrência dá aos usuários a escolha de usar aquilo que melhor lhe convém e em uma democracia, o poder de escolha é livre – destacou Fábio.

Fábio Macedo vai votar em favor do Projeto de Lei nº27/2017 de autoria do deputado, Edilázio Júnior (PV), que regulamenta a atividade do Uber no Maranhão, e deve entrar na pauta de votações da Assembleia na próxima segunda-feira, 5.

Apesar de ser a favor do Uber, o parlamentar ainda defende que os taxistas tenham suas taxas revistas pelas administrações municipais, para que possam melhorar os serviços prestados à população.

– Sabemos que a realidade dos taxistas hoje é muito difícil, uma placa para funcionamento do automóvel e os impostos cobrados, custam um preço bastante elevado. Para que os serviços possam ser comparados, acredito que as administrações municipais tenham que rever essa cobrança, porque no fim das contas quem se beneficia é a sociedade – explicou.

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Temos que ter a livre concorrência de mercado, praticar um serviço de excelência, o UBER esta ai pra isso, os taxistas tem que se adequá a isso e oferecer um serviço de qualidade e um preço justo.
    Viva a concorrência.

    Obs. Concordo plenamente com os pontos de vista do comentária do Senhor, Antonio Lima.

  2. Todo mundo pega a onda do politicamente correto, todos os que se acham vanguarda defende Uber e coisas do gênero, no entanto, ninguém encaro o fato de que são os taxistas e as demais empresas do ramo de transporte de passageiros os que bancam parcela expressiva das receitas que pagam os salários desses navegam no barco do politicamente correto.
    É justo que todos os que são obrigados a pagar impostos, contribuições, taxas e emulamentos para exercer determinada atividade deixem da pagar os tributos para poder concorrer em condições de igualarem com o Uber, a empresa de outro planeta.

    Resp.: Taxista compra carro com até 40% de desconto; Uber, não!
    Taxista não paga IPVA; Uber paga.
    Taxista tem uma série de isenções em relação à sua placa vermelha; Uber, não.
    Mesmo assim, uma viagem do aeroporto de São Luís para o Barramar, no taxi, deu R$ 130,00; no Uber, saiu por R$ 45,00
    Mesmo assim, taxista não aceita corrida de menos de R$ 20,00, e quase sempre de cara amarrada; Já paguei Uber em São Paulo de até R$ 4,00, com o cidadão feliz por nos transportar;
    A placa de taxista é uma espécie de título familiar, que passa de pai para filho. Uber não.
    Por tudo isso, tenho dito: ou os taxistas mudam a maneira de ver seu negócio e seus clientes – saem das cavernas – ou perderão, definitivamente, seu espaço para quem oferece melhor, mais e por menos.
    É simples assim…

    • Concordo plenamente com todas esses bem colocadas explicações, quanto a isto não há o que se discutir.
      Seguindo essa linha de raciocínio temos que com urgência acabar com: todas as instituições que cuidam da regulamentação dos serviços controlados pelo estado, não achas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *