4

A tola economia de Flávio Dino…

Nenhum gasto desnecessário com propaganda causou tanta rejeição quanto o orgulhoso banner do governador comunista dizendo que cortou meio bilhão da Saúde, mas sem apresentar resultados melhores no setor

 

“ECONOMIA?”.Wellington atingiu o âmago do governo com sua crítica

Sumiu como que por encanto do noticiário comunista o banner divulgado no início da semana exaltando o governador Flávio Dino por ter “economizado” mais de R$ 500 milhões no setor da Saúde entre 2015 e 2017.

A economia de Dino gerou um colapso no setor, com hospitais fechados ou sucateados, UPAs abandonadas e total destruição da autoestima de médicos, enfermeiros e outros profissionais que trabalham para o estado.

CAMPANHA TOLA. O banner orgulhoso de Dino. Festa do caos

– Que economia é essa, pra manter hospitais fechados? que economia foi essa, que acabou com as UPAs? Pra quê economizar enquanto falta medicamentos em todos os hospitais? O governador se orgulha de economizar na Saúde enquanto o trabalhador enfrenta filas em atendimento precário. Flávio Dino deveria se envergonhar dessa economia tola – criticou o deputado Wellington do Curso (PP), em discurso na Assembleia Legislativa.

A “economia tola” de Flávio Dino, exibida com orgulho pela própria gestão da SES e na mídia alinhada ao governador, foi criticada também nas redes sociais.

Para os maranhenses, não faz sentido cortar tantos recursos da Saúde para comprometer toda a qualidade do atendimento.

Só na cabeça de Flávio Dino e dos seus…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Flávio Dino é uma invensão baseado apenas no desespero. E lucra-se com o desespero, basta criar um inimigo a ser batido, onde você põe a culpa nele por todas as mazelas por que passa uma cidade, estado ou país. Não que o grupo Sarney não tenha culpa no cartório. Tem! Mais essa oposição fajuda, incompetente e corrupta se baseia somente no mito oligarquia Sarney para ganhar eleições. Jackson Lago ganhou e seu governo foi de apadrinhamentos, incompetência e corrupção. Repetimos a dose e vemos, mais uma vez, a uma decepção chamada Flávio Dino. Espero que o povo aprenda e não vote mais em invensões que cria “monstros” e se julga “a” mudança e a cura para tudo de ruim por que passamos.

  2. Não sei como ele fez isso, se o estado tem um limite mínimo de aplicação em Saúde por força da LRF????

  3. A única secretaria que tem dinheiro a vontade é a comunicação e infraestrutura que servem para fazer política partidária. Saúde. Ao dá votos, quem dá votos são as obras!

  4. Minha nossa? economizar em saúde deixando hospitais fechados…pra mim essa essa técnica é nova. KKKKKKKK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *