1

Hildo Rocha consegue recursos para construção de ginásio na UEMA…

O deputado federal Hildo Rocha recebeu das mãos do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, o empenho por meio do qual o governo federal garante R$ 1 milhão, de recursos orçamentários, para a construção do primeiro ginásio poliesportivo que será edificado na Cidade Universitária Paulo VI (UEMA).

Os recursos são provenientes do Orçamento Geral da União, dentro do programa de incentivo ao esporte.

– Em reuniões anteriores, o ministro Picciani havia nos garantido que dos diversos pleitos que apresentei esse seria atendido tão logo os recursos fossem disponibilizados pelo Ministério do Planejamento. Na semana passada fui novamente recebido em audiência e tive e felicidade de receber a confirmação de que os recursos já estão à disposição da UEMA. O passo seguinte será a aprovação do projeto, elaborado pela própria universidade, para que em seguida possamos assinar o convênio e iniciarmos a obra – disse Hildo Rocha.

Centros de Iniciação ao Esporte (CIE)

O deputado lembrou que além dessa conquista outras estão por vir na área do esporte.

– Temos diversos projetos tramitando no ministério, especialmente no que se refere aos Centros de Iniciação ao Esporte (CIE). O de Açailândia, por exemplo, será liberado em setembro, segundo me garantiu o ministro – destacou o parlamentar.

O objetivo dos Centros de Iniciação ao Esporte (CIE) é ampliar a oferta de infraestrutura de equipamentos esportivo qualificado, incentivando a iniciação esportiva em territórios de vulnerabilidade social de grandes cidades brasileiras.

– O Ministro Picciani tem demonstrado boa vontade e se comprometeu em atender, na medida do possível, outros pleitos que encaminhamos, juntamente com alguns prefeitos e vereadores de diversos maranhenses que buscam adquirir esses benefícios junto ao governo federal – explicou Rocha.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Caríssimo jornalista: é sempre bom receber apoio, de qualquer natureza. No caso da UEMA, bastaria que os sucessivos governos estaduais, o atual inclusive, repassassem os valores consignados nos orçamentos estaduais. Há pouco mais de uma semana, a imprensa local noticiou (embora sem o destaque devido) a transferência de recursos da Universidade para outros órgãos . Caso haja interesse , basta consultar , em relação ao exercício de 2016, quanto o a lei orçamentária destinava à UEMA e quanto foi de fato repassado. Posso garantir que ficarás espantado. Repito: isso é uma rotina no Maranhão : todos os governos fizeram e fazem a mesma coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *