0

Oposição cada vez mais restrita partidariamente…

Com o avanço do Palácio dos Leões no aliciamento aberto de siglas, grupo que se opõe ao governador Flávio Dino vai encolhendo e diminuindo poder de fogo para a propaganda eleitoral de 2018

 

Lançamento da pré-campanha de Sarney Filho: leque partidário ainda restrito

É cada vez maior o leque de partidos já alinhados – ou em vias de se alinhar – ao governo Flávio Dino (PCdoB) para as eleições de 2018.

Tecnicamente, apenas cinco legendas – PMDB, PSB, PV, PMN e PTN – estão efetivamente na oposição ao governador, já que, ao menos, têm nomes postos à disputa do ano que vem.

Roberto Rocha em encontro com gestores: base é a mesma de Flávio Dino

Some-se a essas legendas o PSDB, o PSD, Pros e o PSL – que ainda não definiram os rumos eleitorais – e têm-se um leque de nove partidos fora do arco de influência do comunista.

Com Flávio Dino já estão PCdoB, PDT, PT, PTB, PEN, SD, PR e PSC; e devem entrar PPS, DEM e PP, dependendo da conjuntura nacional.

Flávio Dino e os aliados de 2014: maioria deve permanecer em 2018

Assim Dino já soma 11 partidos em sua aliança, faltando exatos um ano para o início das convenções partidárias.

E não há sinais de mudança no cenário…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *