4

“O governo Temer já acabou”, afirma Zé Inácio…

Deputado maranhense participou da posse da senadora Gleisi Hoffmann na presidência do PT e falou do projeto do partido para as eleições de 2018, com prioridade para a eleição de Lula presidente

 

Inácio com Gleisi Hoffmann: PT 2018

O deputado Zé Inácio (PT) vaticinou, na tribuna da Assembleia Legislativa, o fim do governo Michel Temer (PMDB).

– Não há sustentação nesse governo golpista. O Brasil não suporta mais o Temer e, na verdade, esse governo já acabou. Para nós, que defendemos a democracia e a soberania popular, entendemos que a saída são eleições diretas – voltou a pregar o parlamentar petista.

Zé Inácio, que esteve na posse da senadora Gleisi Hoffmann como presidente nacional do PT, lembrou que a prioridade da legenda é a eleição de Lula. E destacou a forte presença eleitoral do ex-presidente no Maranhão.

– A nossa meta é não só organizar a eleição do presidente Lula para 2018, como também eleger uma grande bancada de deputados federais. No Maranhão, a intenção de votos em Lula chega a quase 70%, e esse bom desempenho tem se dado em vários Estados – disse.

 

Em discurso na Assembleia Legislativa, semana passada, o deputado destacou que o diretório do PT no Maranhão foi um dos mais importantes no processo de eleição direta do partido, o que foi reconhecido no encontro nacional.

De acordo com Inácio, três lideranças petistas do estado compõem a direção nacional.

 

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. O Governo Temer acabou desde o fim do Governo Dilma. Todos fazem parte do mesmo grupo que saqueou o Brasil.
    Essa turma do PT e todos os partidos aliados de poder acabaram com o País nos últimos 15 anos.

  2. O governo Temer já acabou, assim como tua turma de desgraçados comunistas disfarçados de democratas enrolados no petismo.

  3. Esse cara é do PT do Maranhão, da turma que saqueou o INCRA.

    Essa pilantra ao lado dele (na foto) o marido roubou até os velhinhos aposentados.

    SÃO NOJENTOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *