2

Sem Lula na disputa, Flávio Dino perde seu principal trunfo…

Campanha do comunista à reeleição tem forte vinculação com o presidenciável do PT e seus projetos sociais, o que se reflete nas pesquisas de intenção de votos

 

CADA VEZ MAIS PRÓXIMOS. Afastados em 2014, Dino e Lula hoje seguem a mesma linha eleitoral

Quem analisa as pesquisas de intenções de voto já divulgadas sobre a corrida eleitoral de 2018 percebe que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem, ainda, algo em torno de 70% da preferência no Maranhão.

E os números mostram, também, que a vinculação de Lula e do PT ao governador Flávio Dino (PCdoB) é cristalizada cada vez mais na cabeça do eleitorado.

Tanto que Dino relega a segundo plano os projetos estruturais no Maranhão, focando sua gestão em  programas sociais.

As ações de Dino em favor de Lula e contra o impeachment de Dilma Rousseff (PT) também reforçam esse vínculo na cabeça do eleitor.

Por isso é que uma eventual saída de Lula da disputa – caso seja condenado em segunda instância na Lava Jato – tira um dos principais trunfos de Flávio Dino, reconhecido até por seus adversários.

Todos os pré-candidatos já postos à disputa – Roseana Sarney (PMDB), Roberto Rocha (PSB), Maura Jorge (Podemos) e Eduardo Braide (PMN) – veem os números de Lula no Maranhão como excelentes para Flávio Dino.

Se Lula não puder ser candidato, este vínculo se quebra, ainda que o ex-presidente possa carregar “um poste” em seu lugar, percorrendo o país.

A saída de Lula da disputa é, portanto, uma quebra na força do governador maranhense.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *