0

Flávio Dino já aditou três vezes contrato de aeronaves…

Sem conseguir realizar licitação para o setor, governo já reajustou em mais de R$ 5 milhões os valores pagos à Heringer Taxi Aéreo

 

Contrato de aviões de Flávio Dino é de 2015

De O EstadoMaranhão

Ainda sem conseguir finalizar nova licitação para a contratação de empresa especializada na locação de aeronaves, o governo Flávio Dino (PCdoB) já aditou três vezes um contrato assinado ainda em 2015 com a Heringer Táxi Aéreo.

O mais recente aditivo foi assinado no dia 31 de janeiro, pelo secretário de Estado de Governo, Antônio Nunes, e tem validade até o fim do mês de julho. O valor adicionado ao contrato é de R$ 5.267.250,00.

Desse total, já foram pagos R$ 596.436,00 – e outros R$ 852.855,00 referentes a saldos do 2º aditivo.

Enquanto renova o mesmo contrato há dois anos, o governo tenta finalizar um processo licitatório que se iniciou em fevereiro deste ano.

Pelo edital, pretende-se gastar até R$ 7,7 milhões com esse tipo de serviço em 2017. Serão até R$ 5,2 milhões para alugar um jatinho – a R$ 10,3 mil a hora/voo – e até R$ 2,4 milhões para alugar um turbo-hélice – a R$ 36,50 o quilômetro voado.

Segundo dados do Portal da Transparência, só da Segov a Heringer Taxi Aéreo já recebeu R$ 1.449.291,00 neste ano. E outros R$ 154.609,50 da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Em 2016 foram R$ 6.843.910,19 da Segov e R$ 37.404,17 da SES.

E em 2015 apenas a Chefia de Gabinete fez pagamentos às empresa: R$ 2.570.465,09.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *