1

O Luis Fernando de ontem; o Luis Fernando de hoje…

Quase unanimidade por causa da gestão de seis anos em São José de Ribamar, prefeito retomou o comando da cidade, encontrou uma realidade totalmente diferente  e paga um preço alto pelos próprios erros do passado

 

Manifestação de servidores contra Luis Fernando, coisa impensada na gestão passada; mas a culpa é dele mesmo

O atual prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva (PSDB) era uma unanimidade política até 2014, quando chegou a ser cogitado para o Governo do Estado.

Se não tinha lastro eleitoral suficiente, tinha, ao menos, uma história de gestão exitosa em sua passagem pela prefeitura, entre 2005 e 2010, quando teve forte acesso aos recursos do Governo Federal e boas relações na seara estadual, mesmo na oposição.

Luis Fernando voltou ao comando do município neste 2017, após vitória quase unânime nas eleições do ano passado.

Mas a realidade que encontrou em Ribamar é totalmente diferente da que deixou em 2010, quando fez do então vice, Gil Cutrim (PDT), seu sucessor e herdeiro político.

E este foi um dos grandes erros do prefeito tucano.

O prefeito com seu ex-vice e ex-futuro herdeiro: o preço a pagar é alto hoje pelos erros de ontem

Inapto para o posto Cutrim conseguiu descaracterizar a São José de Ribamar deixada por Luis Fernando nos seis anos em que geriu o município. Culpa do próprio Luis Fernando que deixou a cidade em nome da ambição de ser governador, o que se mostrou frustrante pelo recuo de última hora, mostrando a insegurança que líderes políticos nunca devem ter.

Afastado de aliados históricos – na política, nos setores econômicos e também na mídia – o tucano, hoje, se vê isolado na luta contra uma oposição organizada, barulhenta e agressiva.

Sem a unanimidade que tinha até refugar em seu projeto governamental, o prefeito enfrenta agora a herança maldita deixada pelo ex-herdeiro sem ter como responder aos anseios de uma população que ele mesmo acostumou a exigir sempre a excelência.

As dificuldades de gestão enfrentadas neste novo mandato em Ribamar podem criar em torno de Luis Fernando Silva a impressão de que sua qualificação técnica era apenas uma ilusão midiática.

Mas isso também é culpa dele mesmo…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *