1

Flávio Dino cria mais de 100 cargos em comissão para conselhos, denuncia Braide…

Deputado comandou audiência pública com os servidores estaduais para discutir os projetos de lei que dizem respeito à categoria e estão em tramitação na Assembleia Legislativa

 

Eduardo Braide e Adriano ouviram servidores sobre projetos do governo

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) denunciou, em audiência pública na Assembleia Legislativa, na tarde desta terça-feira, 29, a criação de mais de 100 cargos em comissão pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

– Com dois projetos, o governador do Estado cria mais de 100 cargos em comissão: 63 para o IPREV e 39 cargos para o Conselho Administrativo do FUNBEN. O ideal é que a maior parte dos cargos seja preenchida por meio de concurso público, até porque os efetivos são contribuintes do FEPA e poderão optar também pelo FUNBEN –  revelou o parlamentar.

Na audiência pública, que teve a participação também dos deputados Adriano Sarney (PV) e Wellington do Curso (PP), Eduardo Braide conclamou os servidores a lutar pelos seus direitos.

– O importante é que os servidores decidam acerca da composição dos conselhos administrativos do IPREV e do FUNBEN, que, por exemplo, tiveram a sua representatividade reduzida com os projetos originais do Governo. Foram retirados representantes dos militares, dos poderes Legislativo, Judiciário, além do Ministério Público. O Conselho deve ser dos servidores e não do Governo – assinalou.

Os projetos que criam o IPREV e o FUNBEN – instituto de previdência e Fundo de Previdência dos servidores estaduais – devem ser votados nos próximos dias pela Assembleia Legislativa.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Conselheiro … por concurso ? membro de um órgão composto por representação investido na condição de concursado ? É meu amigo, o que a raiva não provoca na cabeça de um deputado que era inteligente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *