0

Roberto Rocha quer PSDB fora do governo Flávio Dino, mas ainda aposta em controle do PSB…

Senador confirma conversas com a cúpula nacional dos tucanos, impõe necessidade de um posicionamento político mais claro do partido em relação às eleições de 2018 e revela que a eleição presidencial do PSB pode lhe garantir a legenda no estado

 

Madeira tem sido um dos principais entusiastas do retorno de Roberto Rocha ao PSDB

O senador Roberto Rocha confirmou nesta quinta-feira, 30, conversas com o PSDB nacional para seu eventual retorno à legenda, onde esteve filiado até 2011.

É pelo ninho tucano que ele pretende disputar as eleições de governador, em 2018, mas o parlamentar quer uma posição mais clara em relação ao governo Flávio Dino (PCdoB).

– As conversas estão adiantadas, mas falta uma posição definitiva da direção nacional para o PSDB deixar o governo do Maranhão. Resolvendo a situação no estado, Roberto deverá sim retornar ao PSDB e para ser candidato a governador já que convite ele já recebeu de membros do partido – afirmou o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, principal entusiasta da volta de Rocha.

Em entrevista ao jornal O EstadoMaranhão, o senador também confirmou as conversas, mas impôs uma outra questão: a eleição para presidente nacional do PSB, cujo resultado deverá influenciar diretamente no comando da legenda no estado.

Roberto garantiria sua permanência nos quadros socialistas se o presidente nacional da legenda vier de São Paulo.

Seria o cenário ideal para o senador, ser candidato pelo PSB tendo o PSDB como companheiro de chapa.

Mas o comando da sigla pode ficar também com os Pernambuco.

Aí, a história muda totalmente…

Com reportagem de Carla Lima

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *