2

Advogado explica Indenização por Abandono Afetivo…

Professor de Direito Márcio Almeida Filho fala, em entrevista ao programa Bom Dia Mirante, de um dos temas mais polêmicos hoje no Direito de Família

 

O professor de Direito e advogado Márcio Almeida Filho deu entrevista na última sexta-feira, 1º, sobre o tema Indenização por Abandono Afetivo, cunhado por ele no Maranhão.

Basicamente, o termo abrange crianças que crescem e se tornam adolescentes sem a presença de afeto de um dos pais ou responsáveis e, depois, vão buscar na Justiça uma reparação por danos morais.

Da entrevista aos jornalistas Soares Júnior e Janaina Bordalo, participou também o diretor de Abrigo para Crianças do Poder Judiciário, Abel Lima Santana.

Veja o debate no vídeo acima…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Quando uma mãe abandona sua filha?
    Mãe:Elizangela Ferreira Pinheiro abandonou sua filha
    Francileide Pinheiro macau de 14 anos
    Elizangela pediu que a filha fosse na casa de uma amiga dela em outra rua
    Quando Francileide voltou sua mãe, seu irmão é seu padrasto tinham idos embora deixando ela para trás sozinha até agora nem notícias

  2. É, já pensou se aquele pessoal que gosta de uma vidinha sossegada, não tem nenhuma identidade com o pegar no pesado e muito menos acordar cedo para pisar no batente passar a recorrer à justiça para serem indenizados pelos pais por falta de atenção e carinho?
    É complicado… Deve ter em algum lugar uma lei que ampare aqueles que tudo fizeram pelos filhos e ainda assim serem acusados, cobrados, e expostos e sujeitos a abuso dessa natureza.
    Ah, aqueles que colocam filhos no mundo têm que assumir a responsabilidade de cuidar e assisti aos filhos, e quem assim não o fizer deve ser chamado a cumprir com as suas obrigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *