3

A insistência no erro e a leniência de quem deve consertar…

Secretaria de Saúde do governo Flávio Dino insiste em manter recebendo salário de R$ 9 mil uma assessora do secretário que não aparece para trabalhar; e tudo aos olhos do Ministério Público, mesmo após denúncia de Sousa Neto

 

Carlos Lula e seu fantasma: nem aí para a opinião pública

Já se passaram quase um mês desde que o deputado estadual Sousa Neto (Pros) denunciou na Assembleia Legislativa uma assessora do secretário de Saúde Carlos Lula que recebe R$ 9 mil sem dar expediente na pasta.

A assessora, Alana Coelho Almeida, é empresária, viaja constantemente, mas a SES diz que ela está afastada por depressão.

E tudo parece ficar por isso mesmo.

Sousa Neto: cobrança em todos os níveis; e nada…

Apesar das denúncias do deputado e de outros parlamentares, inclusive ao Ministério Público e ao próprio governo Flávio Dino (PCdoB).

Mas o governo demonstra não estar nem um pouco preocupado com as denúncias que surgem contra ele.

Deve contar com a leniência do Ministério Público, que pouco se movimenta quando o assunto é Flávio Dino.

E Alana vai continuando na SES, sob a proteção – mesmo que distante – do secretário Carlos Lula.

E o Maranhão segue sob o signo da mudança…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Tem muito mais!!!! José Ribamar Cardoso Batista, conhecido como Cardoso de São João do Rosário está só recebendo pela Sagrima colocado pelo deputado Weverton Rocha. Ele mora na zona rural de Rosário e nunca pisou lá investiguem e comprovem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *