0

Andrea critica submissão da Assembleia a Flávio Dino

Parlamentar critica abuso de edição de Medidas Provisórias e diz que a Casa serve apenas para dar título de cidadão, medalha de mérito e ‘sim senhor’ para o governador

 

Líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputada Andrea Murad (PMDB), criticou a quantidade de Medidas Provisórias de autoria do Governo do Estado colocadas hoje em pauta.

– O governador é autor de um livro em que condena Medidas Provisórias como ato ditatorial. Ele condenava a Medida Provisória, mas governa através dela. O verdadeiro ditador é ele que se utiliza de uma medida de exceção para impor os seus interesses. Só hoje são nove medidas provisórias para serem votadas e enfiadas goela abaixo dos deputados. Só este ano de 2017, o governador enviou 25 medidas provisórias contra 24 projetos de lei. Um verdadeiro absurdo –  explicou a deputada.

Para a parlamentar, a Assembleia Legislativa tem se resumido às honrarias e solenidades, sem prestar o principal papel como representante do povo do Maranhão.

– Esta Assembleia tem servido apenas para dar título de cidadão, medalha de mérito e dizer ‘sim, senhor, governador’. Duvido que os deputados saibam do que se trata essas MP’s. Apenas vão votando sim, sim, sim, sem entender de absolutamente nada do que está sendo jogado aqui para aprovar.Tenho certeza que os eleitores estão vendo isso e ano que vem nas urnas vão dar a resposta necessária – discursou a parlamentar.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *