2

Os ausentes da pesquisa Escutec…

Sem nomes como Eduardo Braide e Eliziane Gama – que estão, de uma forma ou de outra, incluídos no debate eleitoral – levantamento contratado pela Difusora AM acaba por não retratar a realidade do momento

 

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) e a deputada federal Eliziane Gama (PPS) podem até não estar na disputa majoritária de 2018, é verdade.  Mas, no atual momento, eles são figuras destacadas no debate sobre a eleição de governador e de senador.

Tirá-los do cenário de uma consulta popular, portanto, é esconder recortes da realidade. Por isso, a pesquisa Escutec/Difusora AM fica prejudicada.

Nenhum levantamento para governador do Maranhão estará mostrando o recorte real da preferência do eleitor se não incluir Eduardo Braide entre os candidatos – pelo menos até julho do ano que vem, quando serão definidos os nomes que, de fato, concorrerão ao pleito.

Da mesma forma, é impossível retratar a realidade de momento da disputa pelo Senado sem a presença de Eliziane Gama em pelo menos um dos cenários.

Eliziane já teve a candidatura até aprovada em convenção da sua igreja e tem o aval do seu partido. É, portanto, uma pré-candidata ao Senado, tanto quanto Waldir Maranhão (PP), Weverton Rocha (PDT), Sarney Filho (PV) ou José Reinaldo (PSB).

Pela ausência de Eduardo Braide na disputa pelo governo – e de Eliziane Gama para o Senado – é que o levantamento Difusora/Escutec fica capenga quanto ao cenário real da disputa.

É simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Eduardo Braide sim, faz falta na pesquisa. Eliziane, não faz a minima falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *