0

Nova Lei eleitoral impõe dificuldades a pequenos partidos já em 2018…

Candidatos a deputado federal precisarão alcançar 1,5% dos votos para poder ter acesso a recursos do Fundo Partidário e da propaganda eleitoral, o que praticamente, levará a uma seleção das legendas

 

MAR DE PARTIDOS. Muitas das 35 legendas registradas no Brasil tendem a desaparecer a partir de 2018

Os pequenos partidos políticos maranhenses precisarão lutar contra a cláusula de barreira já nas eleições de 2018, se quiserem sobreviver a partir de 2019.

Para poder ter acesso ao Fundo Partidário – que deverá distribuir R$ 1 bilhão em 2018 – e à propaganda no rádio e na TV, seus candidatos a deputado federal terão que alcançar um mínimo de 1,5% dos votos já nas eleições do ano que vem.

A nova regra torna difícil a vida de parlamentares como Eduardo Braide (PMN), Aluisio Mendes (Podemos) e Júnior Marreca (PEN), que disputarão vaga na Câmara em 2018.

Eles podem até ser eleito, mas se suas legendas não alcançarem a cota, fatalmente terão que buscar novo abrigo partidário a partir de então.

E isso decretará o fim de várias legendas…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *