3

José Reinaldo fora da chapa de senador de Flávio Dino…

Deputado federal já nem comenta mais com aliados sobre a possibilidade de concorrer ao posto na chapa de Flávio Dino, que trabalha com uma vaga consolidada – a de Weverton Rocha – e outra, em disputa por Eliziane Gama e Waldir Maranhão

 

BEM DISTANTES. A imagem ilustra bem a frieza da atual relação entre José Reinaldo e Flávio Dino

O ex-governador e atual deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB) já desistiu de entrar na disputa pelas vagas do Senado em 2018.

Aos aliados, ele mantém o discurso de que vai concorrer, mas sua eloquência no assunto tem sido vista por interlocutores como uma espécie de “jogar a toalha”.

Desde que elegeu-se, em 2014, Tavares tentou convencer o governador Flávio Dino (PCdoB) a adotá-lo, de imediato, como futuro senador do Maranhão. Passou esses três anos esperando o movimento do governador, que não veio.

Uma das últimas cartadas do ex-governador foi o lançamento da candidatura, em Timon, que não teve a repercussão necessária. (Relembre aqui)

A chapa senatorial de Flávio Dino já está praticamente  fechada.

O deputado federal Weverton Rocha (PDT) está consolidado como primeiro candidato pelo próprio PCdoB, que já assumiu sua candidatura.

CANDIDATÍSSIMO. com apoio consolidado do PCdoB, Weverton se viabiliza também entre vários outros partidos, de todas as correntes

A outra vaga é disputada pelos também deputados federais Waldir Maranhão (PP) e Eliziane Gama (PPS).

No debate eleitoral, Dino também precisa decidir sobre o companheiro de chapa, vaga para qual já manifestou o desejo de ter o atual vice, Carlos Brandão (PSDB), que precisa decidir seu futuro partidário.

O posto também é cobiçado pelo PT, cogitado por aliados do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) e almejado por Eliziane Gama.

Mas esta é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. INGRATIDÃO é uma marca do politico Flávio Dino e seu seleto grupo .Desconsideram e descartam as pessoas que os ajudaram a chegar onde chegaram.Não tenho dúvidas de que pagarāo alto preço por esta reprovável e covarde postura.Quem planta , colhe!!!

  2. Não voto em Flavio Dino, sou partidário de Roseana. Mas sei que traição se perdoa, mais a confiança nunca mais se recupera. Talvez a conduta de Zé Reinaldo, junto ao grupo Sarney, possa ter pesado muito para a decisão Governo Comunista Comunista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *