4

Othelino sai em defesa do Uber…

Vice-presidente da Assembleia  entende que a regulamentação do aplicativo nos moldes em que estavam sendo discutidos no Congresso inviabiliza a adoção de novas tecnologias no país

 

Othelino mostrou preocupação com futuro do Uber

O deputado Othelino Neto (PCdoB) manifestou preocupação com a polêmica em torno do Projeto de Lei Complementar, n.º 28, que tramita no Senado, que regulamenta os aplicativos de transportes, como o Uber.

A proposta, apreciada ontem no Senado, voltou à Câmara após alteração de algumas propostas que inviabilizariam o serviço.

– Não só aqui em São Luís, mas em outras cidades por onde andamos, percebemos que esses aplicativos viraram uma realidade. Várias, milhares de pessoas utilizam a todo tempo os aplicativos – disse Othelino ao defender que os aplicativos sejam regulamentados, que paguem os seus tributos normalmente, assim como os taxistas.

Segundo ele, criar um embaraço legal com a aprovação desse projeto é, mais uma vez, virar as costas para a população brasileira.

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Eu só tenho é que lamentar essa infame difamação generalizada contra a classe do taxistas, que na sua maioria é formado por homens e mulheres que lutam e trabalham honestamente para garantir o sustento das suas famílias.
    Fica aqui uma sugestão: já que qualquer um pode sair por aí transportando pessoas sem regulamentação, então vamos trabalhar para fechar todas as agência que foram criadas para cuidar do disciplinamento desse e de outros serviços.
    Os taxista estão sendo vítimas da falta de liderança, pois, eles deveriam lutar para receber o mesmo tratamento que ora está sendo cobrado pelos diversos aplicativos que defendem a não intervenção do poder público nas suas atividades.

  2. Tudo evolui e infelizmente os taxista não evoluíram ate pq não existia concorrência … Uber além de mais barato tem sistema de avaliação onde o usuarios e o motorista pode melhora

  3. Será que o Deputado sabe de onde sai o dinheiro que lhe paga o polpudo salário e todas as mordomias de que é beneficiário?
    A barco do politicamente correto cresce a cada dia, a turma que prega a não intromissão do estado nas relação econômicas não para de crescer…
    É estranho que os taxistas ainda insistem de querer continuar num modelo onde são obrigados a cumprir uma série de obrigações.

    Resp.: O problema dos taxistas não é a “série de obrigações”. É a má educação, má formação, ignorância, a locupletação que fazem quase que diariamente de passageiros incautos. Sempre venderam a ideia de que estavam fazendo favor ao transportar um passageiro. Não estão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *