0

Rafael Leitoa pede fábrica de pré-moldados em presídio de Maracujá, em Timon

Rafael Leitoa com Murilo Andrade

Com a proximidade da inauguração da penitenciária do Povoado Maracujá, em Timon, prevista para o dia 15 de dezembro, o deputado Rafael Leitoa, em reunião na manhã desta terça-feira, 14, com o secretário de Administração Penitenciária, Murilo Andrade de Oliveira, solicitou a inclusão do presídio de Timon nas atividades de ressocialização já existentes no sistema prisional do estado.

Com base nas oficinas já oferecidas pela Seap, durante a reunião desta terça, o deputado Rafael Leitoa indicou a instalação de uma fábrica de pré-moldados de concreto, que serão utilizados posteriormente, segundo o deputado, em obras de calçamento em Timon.

“Em São Luís, esta atividade tem dado certo. Além da busca na ressocialização do apenado, que fica empenhado no trabalho e na aquisição de uma profissão, os blocos de concreto se tornam funcionais nas obras de calçamento de ruas e espaços públicos, assim pretendemos fazer em Timon”, afirmou Rafael Leitoa. 

No Maranhão, dezenas de oficinas são oferecidas aos apenados. Para participar, os selecionados precisam ter bom comportamento e aptidão para os trabalhos, cumprindo exigência da Lei de Execuções Penais.

A iniciativa atende a um Termo de Compromisso, de junho de 2015, firmado entre a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) com o Conselho Nacional de Justiça.  

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *