1

Hilton Gonçalo assina ordem de serviço para programa Diques da Produção…

 

Gonçalo e as lideranças em Santa Rita, durante a escavação dos diques

O prefeito Hilton Gonçalo, assinou na última sexta-feira, 17, a ordem de serviço para construção de mais uma vala nos campos naturais que compreende o município de Santa Rita. A obra integra o programa Diques da produção, o qual é realizado pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura.

A obra de grande alcance social está sendo construída no povoado Centrinho I, entre o ramal do São Bernardo e a Ilha das Pedras, garantindo assim o armazenamento de água para os moradores da região no período de estiagem, que dura em média seis meses, oferecendo condições para produção agrícola e atividade pesqueira.
Com extensão de 1.200 metros, o canal é o quinto no município de Santa Rita, antes quatro já tinham sido construídos nos campos inundáveis na gestão anterior do prefeito Hilton Gonçalo.

“É um programa importante, esperado há muito tempo pelos moradores dessa região. Não foi promessa minha de campanha, mas um compromisso do Deputado Neto Evangelista que visa dar dignidade para essa gente, estimulando a produção de peixes, além de oferecer água para o gado e plantações, posteriormente ajudando a economia local”, disse Hilton Gonçalo.

Lançamento teve a participação de representantes de todas as correntes políticas

A cerimônia contou com a presença de secretários municipais, vereadores das cidades de Santa Rita e Bacabeira, o Secretário de Estado de Desenvolvimento Social Neto Evangelista (PSDB), deputado Federal Waldir Maranhão (PP) e moradores das comunidades vizinhas ao local.

O deputado Neto Evangelista explicou que a água represada vai ajudar muito a população.

“Essa vala assim como as outras já construídas no município, irá ajudar muitas pessoas, principalmente os mais pobres que fazem do campo sua fonte de subsistência”, declarou.

A expectativa é que os serviços sejam executados em duas semanas e já vão estar aptos para receber água da chuva, garantindo assim recursos hídricos para todo o ano de 2018.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *