2

Insulto insistente…

Membros do governo comunista de Flávio Dino – pilhado em um esquema que desviou R$ 18 milhões da Saúde – tentam desqualificar a operação Pegadores, da Polícia Federal, como estratégia para minimizar o impacto do escândalo

 

Flávio Dino entre Jane Rodrigues e Silas Barroso; cunhada de Márcio Jerry, ela teve R$ 50 mil bloqueados pela PF

Os membros graduados do governo Flávio Dino (PCdoB), sobretudo o chefe da Articulação Política, Márcio Jerry, insistem em tentar desqualificar o trabalho da Polícia Federal na Operação Pegadores, que levou para a cadeia 17 pessoas, incluindo auxiliares e ex-auxiliares do próprio governo comunista.

Primeiramente, Márcio Jerry, o próprio Flávio Dino e seus aliados na imprensa tentaram desqualificar a operação atribuindo a ela caráter político. A reação comunista foi vista como insulto a uma das instituições mais respeitáveis da República, o que levou Marcio Jerry e companhia a recuar nas agressões.

Mas de ontem para hoje as provocações à Polícia Federal continuaram, desta vez nos braços comunistas na imprensa. Eles agora tentam negar a existência do supersalário de R$ 13 mil pagos a Keilane Silva, uma das amigas de Márcio Jerry envolvidas no escândalo dos salários fantasmas. A história do salário de marajá pago à amiga de Jerry surgiu na imprensa em 2015.

E foi essa informação que serviu de base para a investigação da PF, que resultou na Operação Pegadores.

Se existiu ou não este salário de keilane – ela nunca negou – foi esse fato que serviu de inspiração para a investigação.

E a investigação descobriu mais de 400 – fantasmas recebendo salário na estrutura das empresas e institutos que prestam serviços para a Secretaria de Saúde, incluindo outra pessoa ligada a Jerry, sua cunhada Jane Rodrigues, de quem a Justiça bloqueou R$ 50 mil, por suspeita de fraude.

O fato é que, inconformados com o desbaratamento da quadrilha que desviou R$ 18 milhões, a partir do contracheque da amiga de Márcio Jerry, os comunistas tentam atacar a Polícia Federal.

E a Polícia Federal, sem importar com os ataques, já está na fase de conclusão do inquérito, que deve levar pelo menos uma dezena dos envolvidos para a cadeia.

Sejam eles ou não ligados aos poderosos do PCdoB.

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Cara, tu só escreves bobagens, cria vergonha nessa cara, larga de ser babão.

  2. D’eça rapaz, te lembras que este esquema vem sedo investigado desde 2014, 2015, montafo por Ricardo Murad para desviar dinheiro para financiar campamha dele e de aliados, não se lembra não!?, O erro de Flávio Dino foi não ter destruido esse esquema fraudulendo do dinheiro publico.
    Essa terceirização foi a fórmula que Ricardo Murad encontrou para mascarar a roubalheira.
    Quando foi para prende-lo, a PF pediu a opinião de Sarney, foi um erro e Sarney disse não, quando foi agora a policia federal se precipitou e prendeu só os bagrinhos. A gente ver que existe dois peso e duas medidas, a muito tempo era para Ricardo ou Roseana estarem preso, mas com Sarney nem o diabo pode.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *