1

Fantasma da Saúde revela em grampo que Márcio Jerry sabia de tudo…

Relatório da Polícia Federal descreve grampo da Operação Pegadores que mostra conversa entre Josefa Quitéria e Benedito Silva Carvalho em que o nome do secretário é citado como ciente do esquema que desviou R$ 18 milhões

 

CIENTE DE TUDO. Principal auxiliar de Flávio Dino, Márcio Jerry sabia do esquema comandado por Rosângela Curado, segundo revelou grampo da Polícia Federal

O diálogo de número 6545645, da operação Pegadores, da Polícia Federal, implica diretamente o secretário de Articulação Política e de Comunicação do governo Flávio Dino (PCdoB).

Na conversa, gravada em 24 de setembro de 2015, os investigados Josefa Equitéria Gonçalves Muniz Farias e Benedito Silva Carvalho mostram preocupação com os sinais de investigação do esquema na Secretaria de Saúde.

Em dado momento da conversa, quando Benedito mostra preocupação sobre a presença de Quitéria em uma das folhas fantasmas, ela responde textualmente.

– Não, mas se tiver não tem problema não, nem se preocupe porque isso aí o Pacheco sabia, na época foi acordado com ele com o Jerry… tudo, entendeu? [Se refere a Marcos Pacheco e Marcio Jerry] – diz a servidora.

Foi a própria Polícia Federal quem afirmou, entre colchetes, tratar-se de Marcos Pacheco e Márcio Jerry.

Maria quitéria era assessora da própria Secretaria de Saúde e tinha seu nome em uma das listas fantasmas.

Benedito Carvalho Silva era presidente do Instituto Cidadania e Natureza, um dos responsáveis por operar as listas fantasmas.

A revelação do diálogo entre os dois, publicado em primeira mão no blog de Neto Ferreira, é mais uma prova de que, se o governo Flávio Dino quisesse, de fato, teria evitado o desvio de R$ 18 milhões na Saúde.

Márcio Jerry não parece ter se importado com o roubo…

Veja abaixo o trecho do diálogo em que Quitéria cita o supersercretário:

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Acho que esse é o Governo com o maior número de escândalos nos últimos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *