6

Roseana define governo comunista como perseguidor…

Em entrevista exclusiva ao portal AtéHoje, ex-governadora diz que, ao mesmo tempo em que Flávio Dino espanta investidores, persegue trabalhadores com apreensões de motos, falta de empregos e multa a pequenos produtores e comerciantes

 

CONVERSA FRANCA. Roseana Sarney com Robert Valporto. Pela primeira vez, ex-governadora falou diretamente sobre o atual governo

Em uma das mais contundentes análises do governo Flávio Dino em três anos, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) disse que o Maranhão vive, hoje, um momento de perseguição expulsão de investimentos e arrocho da classe trabalhadora.

Roseana falou com exclusividade ao portal Até Hoje, editado pelo jornalista Robert Valporto, e fez questão de comparar sua gestão com a do comunista.

– Eu não mandei prender moto de trabalhadores, nunca fui atrás de multar e pegar dinheiro de pequenos produtores rurais, das pessoas que tem uma quitanda em casa. Não fiz nada disso – frisou Roseana, referindo-se a um dos aspectos de perseguição do governo Flávio Dino. (Leia a íntegra aqui)

A ex-governadora lembrou também alguns dos seus principais programas sociais, todos extintos por Flávio Dino, e que poderiam, hoje, fazer a diferença neste momento de crise do Brasil.

– Hoje, com o preço da luz como está, o projeto Viva Luz seria muito interessante principalmente os mais pobres. O Primeiro Emprego é outro projeto que, para os jovens, era uma coisa muito boa. Eles botaram todo mundo pra sonhar, que seria um Maranhão melhor, mas não foi feito nada disso; não tem atração de investimento, atração de novas indústrias, nem criação de emprego. Digo isso porque na minha época o Maranhão cresceu todos os anos – enfatizou. (veja o vídeo acima)

Foi a primeira entrevista de Roseana com a força política de comparação das gestões feitos por ela própria.

E teve efeito arrasador na imagem do governo comunista…

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. “No meu governo o Maranhão cresceu todos os ano”?!?!?
    Sério?!?!? Rindo até 2050
    Pos eu acho que o governo atual devia perseguir mais. Principalmente quem assaltou os cofres públicos há décadas.
    Por sinal acho que está demorando pra algum peixe grande ser preso.

  2. Roseana fala com entusiasmo como pré-candidata que irá vencer as eleições. Tudo o que Dino e Jerry sonharam acabou não dando certo: pensavam em prender com a ajuda da secretaria de Segurança, MP e do Judiciário, Roseana Sarney, Ricardo Murad e vários outros ex-secretários; Dilma não cair, não deu certo; Temer ser apeado do Poder, furou também; fazer um governo voltado para os comunistas com trocas de favores com os poderes e membros do MP. Nunca imaginavam que o mega-esquema de empregos com vistas à eleição de 2018 não iria ser descoberto. Hoje furou tudo, e agora vai sangrando até acabar o seu governo. Situação muito complicada!

  3. D’eça meu caro, O pior político é o demagogo, o cínico, o hipócrita, aquele que a luz do sol brada contra a corrupção e na escuridão faz horrores.
    D’eça meu caro, tu te lembras do discurso do cunhado de Roseana, Ricardo Murad?, te lembras!, ele disse que Roseana é uma farsa,!?, nada pessoal, e Ela ainda tem coragem de se candidatar, Roseana tem que tomar um chá de simancol, D’eça Roseana é um cadáver, só falta sepultar.
    Ela vai se arrepender por si candidatar, vai ser a maior decepção da vida dela, em relação ao pior governa da vida dela, quando se elegeu pela 2° vez. Roseana era para ser banida da vida pública para o bem das futura gerações, minha neta, e bisnetos agradece. Por causa de Roseana Sarney, que a nossa sociedade nao avança, Roseana livre, leve e solta nos envergonha. Roseana é um ser desprezível que atormenta nós brasileiros.. Fora da politica é um presente para todos nós.

  4. Se Roseana continuar tendo a cara de cavalo da Olga organizando a campanha, vai perder muitos votos. Ela é perseguidora. Ninguém da cultura esquece da perseguição dela aos ex secretários, por pura inveja!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *