5

Para Joaquim Haickel, Maranhão carece de líder sábio…

Intelectual aponta hipóteses para a montagem de uma chapa poderosa nas eleições de outubro,  e diz que os atuais ocupantes do Palácio dos Leões optaram pela forma universitária de fazer política

 

Em mais um arrasador artigo sobre a política maranhense, o escritor, cineasta, intelectual, membro da Academia Maranhense de Letras, ex-deputado federal, ex-deputado estadual e ex-secretário Joaquim Haickel aponta erros e acertos daqueles que estão na disputa pelo poder no Maranhão.

E ressalta a disputa pelo Senado como o principal gargalho dos principais candidatos a governador.

– Esse ano, a grande quantidade de candidatos a senador em busca de uma das duas vagas postas em disputa está tirando o sono do governador e de seus asseclas. Esse planejamento precisa ser feito com precisão. O arquiteto tem que garantir que essa construção além de bonita seja forte, funcional e possibilite a vitória  – avalia o intelectual.

Na avaliação de Haickel, a opção que o governador Flávio Dino (PCdoB) fez pelo estilo universitário e fazer política conturbou o quadro eleitoral maranhense.

Neste aspecto, ele defende que a oposição coopte o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB), largado pelo comunista.

– Comentei a possibilidade dessa ação nas redes sociais e soube recentemente que um antídoto eficiente para esse “veneno” já foi providenciado. O governo teria negociado a entrada do correto secretário de educação Felipe Camarão, no DEM, partido pelo qual Zé Reinaldo pretende concorrer ao senado. Com essa ação Flávio Dino golpeia decisivamente Zé Reinaldo, exatamente o governador que em 2006, foi o responsável direto pela eleição do então candidato a deputado federal Flávio Dino. Na política, ingratidão é moeda de pagamento – comenta Haickel.

Joaquim trata dos aspectos da eleição senatorial em seu artigo de fim de semana, quando as peças do xadrez se movimentam freneticamente, e mostram que Flávio Dino já definiu sua chapa senatorial.

Mas esta é uma outra história…

Leia aqui a íntegra do artigo de Haickel

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Kkk
    Não consigo entender como “tão sábio” conhecedor de política não resolveu todos os problemas do Estado quando esteve Deputado e Secretário!
    Quando esteve no poder, pouquissimas ações, hoje sem poder,,,, muitos textos bobinhos!

  2. Joaquim, da forma que FD quer montar sua chapa para o senado, certamente não elegerá ninguém. Pois, Zé Reinaldo mesmo não sendo apoiado por ele, terá mais votos que Weverton… e os votos dos outros que ele não apoiar, não permitirá que Eliziane suplante a votação de Zequinha ou Lobão. E com relação ao Felipe Camarão, esse não tem votos, ninguém conhece, é uma invenção da mídia. se soltarem esse rapaz em qualquer cidade do Maranhão ele não seria reconhecido por nenhuma pessoa.

  3. Esse Joaquim Haickel tem uma inveja imensa do Flávio Dino……Uma figura inexpressível na política maranhense!! Só foi alguma coisa, enquanto o pai era vivo! Hoje não se elege nem mais a síndico de pédio!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *