1

Governo Flávio Dino exonera aliados de José Reinaldo…

Palácio dos Leões alega erro, mas aliados do ex-governador veem retaliação no ato; demissões têm assinatura do próprio sobrinho de Tavares, o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares

 

Flávio não esconde mais distanciamento de Tavares

Um ato assinado pelo chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB) reforçou ainda mais a suspeita de que o governador Flávio Dino quer mesmo ver pelas costas o ex-governador José Reinaldo Tavares (sem partido).

Em sua primeira edição do ano, em 3 de janeiro, o Diário Oficial do Estado trouxe a exoneração de oito servidores da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio, todos indicados pelo ex-governador.

A lista de exonerados no Diário Oficial do Estado

Foram demitidos – em ato assinado pelo próprio sobrinho de Tavares, o chefe da Casa Civil Marcelo Tavares – cinco assessores sênior, um assessor técnico, um assessor especial e uma secretária executiva. (Vela lista acima)

Membros do governo alegaram a José Reinaldo – que está fora do país – equívoco nas exonerações.

E prometeram anular os atos.

Até agora, no entanto, passados quase 20 dias da demissão, nenhum dos reinaldistas foi readmitido…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Se eu fosse o Zé Reinaldo Tavares já teria rompido com essa pústula de governador e procuraria uma outra alternativa. Não é vergonhoso romper, vergonhoso sim é ficar sendo humilhado a todo momento por quem vai perder a eleição e não elege sequer um senador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *