2

Flávio Dino vê “unanimidade ajustada” contra Lula no TRF-4…

Ex-juiz federal, governador do Maranhão diz que a condenação de 12 anos de prisão do ex-presidente é desproporcional à fragilidade das provas

 

O governador Flávio Dino (PCdoB) usou a Constituição Federal para questionar a decisão do Tribunal Regional Federal contra o ex-presidente Lula.

Para ele, a Constituição Brasileira reza que a condenação de 12 anos não poderia ser aplicada diante da fragilidade das provas.

– Uma unanimidade formal ou previamente ajustada não deve impedir a continuidade do bom debate – afirmou Dino.

O comunista analisa que o TRF aumentou a pena do ex-presidente para dificultar a prescrição das acusações. E diz que este critério não é legítimo.

Abaixo, a manifestação de Dino nas redes sociais:

 

 

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Basta trocar o nome do réu condenado (tira Lula e coloca Temer) para o Cuba mudar totalmente esse discurso. Infelizmente, nosso governador é cego ideologicamente. Ou…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *