3

Thiago Bardal e mais 12 denunciados por contrabando e quadrilha…

Ministério Público Federal pediu a manutenção da prisão preventiva de todos os envolvidos na organização criminosa desbaratada pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão

Alguns dos denunciados à Justiça: contrabando e outros crimes

A Procuradoria Regional da República ofereceu nesta quarta-feira, 28, denúncia por contrabando, formação de quadrilha e outros crimes contra o ex-superintendente de Investigações Criminais do Maranhão, delegado Tiago Bardal e outros 12 acusados.
Além de Bardal, foram denunciados à Justiça Federal os oficiais da Polícia Militar coronel Reinaldo Elias Francalanci e major Luciano Fábio Farias Rangel; o sub-tenente Joaquim Pereira de Carvalho Filho; o soldado Fernando Paiva Moraes Júnior e mais o advogado Ricardo Jefferson Muniz Belo, além de outros envolvidos.
A quadrilha que, segundo as investigações, contrabandeava uísque e cigarros, foi desbaratada em fevereiro por equipes da própria Seic chefiada por Bardal, que foi afastado das funções.
Todos os principais envolvidos estão presos e tiveram a manutenção da prisão preventiva pedida pelo MPF.
Os acusados foram denunciados pelos crimes de organização criminosa, contrabando, descaminho, corrupção, falsidade documental, posse irregular de arma de fogo e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.
Abaixo, a lista dos denunciados:
Rogério Sousa Garcia;
Tiago Mattos Bardal
Reinaldo Elias Francalanci
Luciano Fábio Farias Rangel
Joaquim Pereira de Carvalho Filho
Fernando Paiva Moraes Júnior
Ricardo Jefferson Muniz Belo
José Carlos Gonçalves
Galdino do Livramento Santos
Evandro da Costa Araújo
Rodrigo Santana Mendes
Edimilson Silva Macedo
Aroudo João Padilha Martins

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. A matéria fala que todos os suspeitos estão presos, pergunta: o advogado não havia sido solto? Ele voltou a ser preso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *