0

É preciso proteger coronel que orienta espionagem da PM a adversários de Flávio Dino…

Oficial de Barra do Corda que assinou a polêmica Circular 018/2018 foi afastado pelos superiores, mas pode também ser isolado para não falar o que sabe, até porque, não fez o documento apenas por vontade própria

 

Flávio Dino com o oficiais da PM; é dele a ordem, final. Sempre…

O secretário de Segurança Pública e o comandante da Polícia Militar do Maranhão apressaram-se nesta sexta-feira, 20, a desautorizar a Circular 018/2018, assinada por um oficial de Barra do Corda, que orienta espionagem de adversários do governador Flávio Dino (PCdoB) no interior do estado.

Dede ontem havia rumores de que o governo comunista – como sempre faz – iria simplesmente negar a existência do documento. Como não podiam simplesmente caracterizar de “fake news”, resolveram classificar de equívoco e jogar a culpa unicamente no tenente-coronel que assina a ordem.

Mas qual o interesse pessoal de um tenente-coronel em pedir espionagem de adversários de Flávio Dino?!?

Leia também:

Flávio Dino opera para aparelhar a Polícia Militar…

Flávio Dino usa religiosos para manipular a PM…

Adepol pede o fim do Serviço Velado da Polícia Militar…

É preciso esclarecer que, no documento, o oficial remete a outra Circular, a de número 098/2018 – já em poder deste blog – e inicia dizendo que as determinações são do Comando de Polícia do Interior.

Este governo comunista tem sido pródigo em gerar escândalos e sumir com os protagonistas e testemunhas destes escândalos – basta lembrar o recente caso na Saúde.

É, portanto, prioritário que se proteja o oficial que está servindo de bode expiatório.

Tudo pode acontecer quando se fala de comunistas…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *