2

Júnior Verde pede medidas emergenciais para famílias desabrigadas pelas chuvas…

Por meio de Indicação, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) solicitou aos ministros  das Cidades, Alexandre Baldy; da Integração  Nacional, Antônio de Pádua Andrade; e do Desenvolvimento Agrário, Osmar Terra; além do diretor da Secretaria Nacional de Desenvolvimento Urbano, Francisco Araújo; e do coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, Izac Muniz Matos, que adotem as medidas administrativas legais para atendimento emergencial  dos municípios maranhenses ati ngidos pelas fortes chuvas nos últimos dias.

O parlamentar quer disponibilizar recursos, cestas básicas, e insumos para as famílias que moram nos municípios de Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela do Vale, Presidente Vargas, Brejo, Bacabal, Imperatriz, Tuntum, Caxias, Codó, São João do Sóter, São Luís Gonzaga e Lago dos Rodrigues. Vários deles já decretaram estado de emergência e outros estão em estado de alerta como Rosário, Timbiras, Cantanhede, Nina Rodrigues, Paulino Neves e Araioses, totalizando cerca de 2,2 mil famílias que foram afetadas ou estão desabrigadas, segundo o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil.

“Os prejuízos vão desde o isolamento de cidades inteiras, como o trecho da BR-135 que ficou comprometido,  à destruição de casas, comércios e prédios públicos. É indispensável a intervenção do Governo Federal para que, paralelamente ao Governo do Estado e prefeituras, sejam organizadas ações voltadas para o atendimento dessas famílias, bem como a execução de medidas relacionadas às questões ambientais, epidemiológicas e sanitárias”, destacou Júnior Verde.

O deputado esteve nesta quinta-feira, 19, no Corpo de Bombeiros, para reforçar junto ao coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, Izac Muniz Matos, os pedidos que constam na Indicação, que foi protocolada no mesmo dia. 

Da assessoria

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. ficamos tristes com a situaçãod de nossos irmãos maranhenses da região d ebacabal, marajá do sena, trizidela do vale e outros. E informamos também que centenas de comunidades dos municipios de Belágua, São Bendito do Rio Preto, Urbano Santos, Humbeto de campos, Morros, Santo Amaro, primeira Cruz e vários municipios da região de campos no leste maranhenses e lençois maranhesnses estão ilhados povoados izolados e estradas viraram rios e as pessoas tem dificuldade pra ir e vim tá tudo debaixo dágua a difrença que nõa é divulgado é pq não são as sedes dos municipios e sim a zona rural destes municipios por isso os prefeitos e vereadores não tão nem ai o povo é que sofre. Nesta região o algamento é todos os anos sem falhar entre os meses de fevereiro a junho fica tudo inundado onde só entra tratores aqui chamados de pula pula. nemhum canal de tv faz reportagem sobre a situação do sofrimento e izolamento do povo. peço que ajude a divulgar a situação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *