6

PM mandou catalogar até juízes e promotores eleitorais…

Circular nº 098/2018  emitida em 6 de abril pelo Comando do Policiamento do Interior ordena os batalhões do interior a promover “levantamento de dados eleitorais” com nomes de autoridades e quantidade de eleitores de cada município

 

A ordem principal da espionagem saiu do comando geral da PM foi replicado depois por outros comandantes no interior

Foi o Memorando Circular nº 098/2018 Seç-admin/CPI, emitido em 6 de abril pelo Comando de Policiamento do Interior, da Polícia Militar, que deu origem à espionagem de adversários políticos que pudessem “causar embaraços eleitorais” ao governador Flávio Dino (PCdoB).

É neste documento, assinado por delegação pelo tenente-coronel Emerson Farias Costa, chefe do Estado Maior do CPI, que vem, primeiro, a orientação aos chefes de batalhões sobre os adversários de Flávio Dino.

Está no quesito dois, do item “informações complementares”:

– Os comandantes de área deverão informar as lideranças que fazem oposição ao governo local (ex-prefeito, ex-deputado, ex-vereador) ou ao Governo do Estado, que podem causar embaraços no pleito eleitoral – determinou o documento.

O coronel Antonio Markus Lima, portanto – ou quem da assinatura eletrônica dele se utilizou – apenas repetiu a ordem ao seus comandados em Barra do Corda, o que acabou vazando à imprensa, em 18 de abril.

Tabela-modelo do Comando de Policiamento do Interior, que foi usado pelos comandantes de área nos municípios: monitoramento de autoridades

Juízes e promotores

Mas o documento, assinado por delegação pelo tenente-coronel Emerson Farias Costa, exigia, também, a catalogação das autoridades eleitorais – juízes e promotores – em cada município.

A Circular tinha até um modelo de tabela a ser preenchida pelos comandos de polícia no interior. (veja documento neste post)

O “levantamento eleitoral” consistia em saber nome e telefone do prefeito, do juiz eleitoral, do promotor, quantidade de eleitores, locais de votação fora da sede, além de nome de delegados e demais oficiais militares da região.

Além do monitoramento dos adversários de Flávio Dino, os comandantes de batalhão precisavam registrar, também, todos os fatos da eleição anterior que possam “ter causado transtornos”.

A Circular 098/2018 leva também o nome do coronel Zózimo Paulino da Silva Neto, que é o comandante do Policiamento do Interior.

Mas foi assinada apenas pelo tenente-coronel Emerson…

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. Só factóides como sempre, com certeza vcs querem pra passar pras pessoas que até juízes , promotores seriam pressionados pelo governo, só vcs da oposição pra acreditar que o povo é besta, estão desesperados né?

  2. Marco, agora que vi a íntegra do documento no seu blog, inferi a essência do documento, acredito que o Ten. Cel Emerson, fora infeliz na redação do documento, pois tenho certeza que todos os comandantes do interior entenderam a mensagem como uma forma de fazer levantamentos no clima pré-eleitoral dos municípios, a fim de equacionar o efetivo policial, como é praxe todos os pleitos, a fim de assegurar a tranqulidade das eleições. Acho que os blogs e a imprensa poderiam tentar ouvir o Ten. Cel Emerson. Afinal, vivemos num país democrático que assegura o direitos de informação, mas também prevê o direitos de resposta.

    Resp.: O blog esteve e está à disposição dele. E se ele não puder falar, pode falar sua esposa, como é praxe nos meios militares. Maasss… eles querem?

  3. O que pensam sobre o assunto o Presidente da AMMA, Dr. Ângelo Santos, e o Presidente da AMPEM, Dr. Tarcísio Bonfim?
    Seria interessante a sociedade saber o posicionamento deles.

  4. ESSE GOVERNO É MESMO DO CAPETA, AONDA JÁ SE VIU ,MESMO NA DITADURA ESSA MOLECAGEM LEVADO A CABO POR ESSES VAGABUNDOS COMUNISTAS! MAS NADA ME ESTRANHA VINDO DESSES IMBECIS COMUNISTAS COMANDADOS POR FLAVETE E SEU BANDO DE CHEIRA OVOS!

  5. iso tem que ser levado ao TRE e TSE pq é abuso de autoridade, e manipulação de resultado de eleição alé de desvio de função e ainda falsidade ideologica pq um dos comandantes afrima que nunc aassinou tal documento que usaram sua assinatura digital. Isso pode gerar até pedido d eimpechema de dino, é a prova que os comunistas usam as memos modus operands da KGB sovietica. vamosmudar o Maranhão sim mas com uma terceira via o povo tá revoltado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *