0

Hildo Rocha defende melhorias na formação dos policiais…

Parlamentar critica a redução no tempo de formação dos policiais no governo Flávio Dino, que caiu de 1 ano para apenas três meses, o que pode por nas ruas homens despreparados para a ação

 

Hildo participou de debates sobre formação policial

O deputado federal Hildo Rocha, que é membro da Comissão Especial destinada a estudar e apresentar propostas de unificação das polícias civis e militares, participou do Seminário Internacional de Segurança Pública, atividade que foi realizada em Brasília como parte dos trabalhos da Comissão.

Ao final do evento, o deputado reforçou a sua crença de que pelo menos três pontos essenciais precisam ser imediatamente alterados: 1) ementa adequada e duração dos cursos de formação dos policiais; 2) valorização do serviço de inteligência; 3) investimentos nos recursos humanos.

“Na Alemanha, por exemplo,  o policial é formado em três anos. Já no Brasil, a formação é concluída em tempo muito menor, geralmente em um ano apenas”, disse o parlamentar.

Formação inadequada

Rocha destacou que no quesito formação de policiais o Maranhão é um exemplo negativo.

“O governador quer formar policiais militares em apenas seis meses. É claro que em tão pouco tempo os policiais não serão devidamente preparados para o exercício de atividade tão complexa. Então, nós temos que rever isso, mudar a legislação para fazer com que os Estados da nossa Federação venham a formar os policiais de forma correta”, argumentou.

Polícia eficaz

Durante os debates, foram apresentados modelos de funcionamento das polícias da Alemanha, Áustria e da França, países que registram baixos índices de criminalidade. De acordo com dados apresentados pelos palestrantes, na Alemanha, por exemplo desde o final da segunda guerra até hoje (73 anos), 340 policiais morreram no exercício das suas atividades.

“No Brasil esse número é registrado em apenas um ano. Infelizmente essa é a realidade. Portanto, precisamos repensar com urgência o modelo de segurança que é praticado no Brasil. A unificação pode ser a melhor solução”, afirmou Hildo Rocha.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *