1

Caema volta a jogar esgoto in natura em córrego no Calhau…

Igarapé que corta o Barramar e deságua diretamente nas praias ao longo da avenida Litorânea está sendo contaminado por dejetos despejados por uma estação elevatória na avenida Santo Antonio

 

A Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão (Caema) voltou a cometer crime ambiental na região do Calhau.

Há pelo menos uma semana, esgoto in natura é despejado diretamente no córrego que corta o Barramar e chega às praias da região.

Os moradores denunciam que o esgoto vem do Grand Park que não tem estação de tratamento, diante da vista grossa da própria Caema.

– O mal cheiro é insuportável. A gente precisa fechar as janelas para poder respirar – denuncia um morador, no vídeo postado acima.

Não é a primeira vez que este blog denuncia este mesmo crime ambiental da Caema. (Relembre aqui e aqui)

Mas o problema se repete ano após ano, sem nenhum tipo de fiscalização das autoridades responsáveis…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Desculpa mais ai a culpa é da construtora, da caixa econômica, do crea e da secretaria de meio ambiente e por ultimo da caema … Antes mesmo dos empreendimentos serem entreguei os órgão de defesa do meio ambiente deveria fiscalizar os mesmo juntamente com Crea assim so podendo ser entreguei pra população os edificações que estiverem dentro das normas como a lei manda … Porem isso não existe e o problema cai no colo da ja mal vista e propositalmente sucateada caema e não toma nenhum providencia jurídica para não levar a culpa é muito menos obrigar ao gran Park a jogar seu esgoto na rede da caema fazendo assim com que a mesma pague pelo esgoto recolhido como acontece com toda a população que tem seu esgoto recolhido e tratado pela caema … Existe tantas leis que não se cumpri e o jurídico da caema não faz nada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *