4

Prefeito humilhado pelo BPRV emite Nota de Repúdio contra a Polícia de Flávio Dino…

Mesmo em plena atividade, em São Bernardo do Maranhão, João Igor Carvalho foi submetido a constrangimento durante parada dos policiais, que sequer quiseram saber sua identificação

 

O prefeito de São Bernardo do Maranhão, João Igor Carvalho, emitiu esta semana uma Nota de Repúdio à Polícia Militar do Estado do Maranhão, acusada por ele de humilhá-lo em pleno cumprimento do dever político.

Segundo conta Igor Carvalho, ele estava em uma diligência no Hospital Municipal Felipe Jorge,  avaliando situação das bases da caixa d’água, quando foram abordados por policiais armados de fuzis, que passaram a fazer intimidações.

– Abordagem esta desnecessária, violenta, na lide comigo e com todos que ali estavam. Por diversas vezes, nos identificamos, pedindo cautela, mediante infundada suspeita sem ordem judicial. Atitude absurda praticada de farda,  por àqueles que representam às ações do Estado – acusou o prefeito, que estava acompanhado do vice, Pinto Couto, e dos empresários Nonato Machado, James e o tesoureiro Haroldo Tobias.

Todos, mesmo identificados,  sem nenhum tipo de atitude suspeita, foram submetidos a constrangimento perante toda a comunidade.

Aliado do prefeito, o deputado estadual César Pires também viu dedo político no episódio e pretende denunciá-lo na tribuna da Assembleia Legislativa.

– Não havia nenhuma justificativa para a abordagem. Diminuíram a cidadania deles sem justificativa – criticou Pires.

Para Igor Carvalho, ficou claro tratar-se de perseguição política da polícia hoje às ordens do governador Flávio Dino (PCdoB).

– Lamentavelmente, uma postura que muito se assemelha a uma perseguição política,  uma vez que eu enquanto Prefeito de São Bernardo assumi um compromisso político com a base de Roseana Sarney, grupo que faz oposição ao atual Governador – acusou o prefeito.

Leia abaixo a íntegra da nota:

NOTA DE REPÚDIO À POLICIA DO ESTADO DO MARANHÃO .

Hoje por volta das 17h,  nos arredores do Hospital Municipal Felipe Jorge,  enquanto eu Prefeito, o vice prefeito Pinto Couto, os empresários Nonato Machado, James e o Tesoureiro Haroldo Tobias, fazíamos vistorias,  nas bases das caixas d’água.  Fomos abordados por policiais militares do estado, armados com fuzis, com intimidações  verbais e corporais perante toda a comunidade ali presente.

Abordagem esta desnecessária, violenta, na lide comigo e com todos  que ali estavam. Por diversas vezes, nos identificamos, pedindo cautela, mediante infundada suspeita sem ordem judicial.

Atitude absurda praticada de farda,  por àqueles que representam às ações do Estado.

Polícia esta totalmente ausente, principalmente para a população que não tem segurança, enquanto dever do estado, o que tem gerado o caos social constante.

A austeridade da Polícia do Governo do estado para comigo e com os colegas foi ineficaz, injusta e inconstitucional.

Lamentavelmente, uma postura que muito se assemelha a uma perseguição política,  uma vez que eu enquanto Prefeito de São Bernardo assumi um compromisso político com a base de Roseana Sarney, grupo que faz oposição ao atual Governador.

Diante do ocorrido, expresso a minha indignação, pelo constrangimento e humilhação enquanto cidadão de bem. E espero que a população possa contar com segurança quando realmente necessita.

Sugiro aos senhores policiais, uma postura mais atenta à suas ações, tanto ao cidadão de bem, como àqueles que estão a solta nas ruas praticando crimes.

João Igor Carvalho
Prefeito municipal de São Bernardo -MA

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Não existe uma postagem nesse blog que não tenha um só texto que não se refira a Flávio Dino, Flávio Dino… afinal cadê a pré canditada Roseana alguma notícia?

  2. Esse povo Dinista é assim mesmo.Agem com truculência pra intimidar.Desqualificar.

  3. Todos são iguais perante a lei. Polícia aborda para coibir crimes. Nornal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *