2

A farsa do governo Flávio Dino sobre cursos de Medicina na região tocantina…

Projeto comunista aprovado na Assembleia cria o Centro de Ciências da Saúde na UemaSul, mas os líderes governistas não dizem que os cursos estão suspensos por Portaria do Ministério da Educação

 

Alunos assistem aulas na UemaSul; Medicina só a partir de 2023, segundo Portaria do MEC

A Assembleia Legislativa aprovou no último dia 4, Projeto de Lei encaminhado pelo governo Flávio Dino (PCdoB) que prevê a criação de cursos de Medicina na Universidade Estadual da Região Tocantina.

Mas a medida, embora usada como arma de propaganda do governo comunista, é inócua do ponto de vista prático.

A Portaria número 328, do Ministério da Educação, proíbe a instalação de novos cursos de Medicina no país desde 5 de abril de 2018.

Portaria do MEC estabelece que novos cursos de Medicina estão suspensos por cinco anos

A aprovação do projeto na Assembleia e a divulgação maciça por parte dos governistas faz parte do esquema de propaganda eleitoral comunista na região tocantina, onde Flávio Dino começa a ser cobrado pelas promessas de campanha de 2014.

O curso de Medicina foi anunciado pelo próprio governador ainda em fevereiro deste ano, durante solenidade na UemaSul. (Leia aqui)

Mesmo após a proibição do Ministério da Educação, o governo comunista continuou a manter a farsa de que instalará o curso em Imperatriz e região.

Tanto que, em junho – dois meses depois da proibição do MEC – o próprio site da UemaSul continuava a anunciar que “implantação do curso de Medicina avança com criação da comissão de implantação e auxílio de consultoria externa”.

Ou seja, o governo gastou dinheiro com consultoria mesmo já sabendo que só poderia implantar o curso em 2023.

E a farsa continuou com o encaminhamento do projeto para a Assembleia Legislativa.

Tudo seguindo com script de um enredo eleitoral…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Que eu saiba, essa resolução do MEC abrange apenas as Universidades Federais e Particulares. Até onde sei, as Universidades Estaduais, em se tratando desse assunto, estão ligadas ao Conselho Estadual de Educação, que esse sim pode autorizar ou não. MEC e Governo Federal não tem nada a ver com isso, amigo. Vamos pesquisar mais…

    Resp.: Todos os cursos de Medicina, no país inteiro, precisam de autorização do MEC. E esta autorização está suspensa até 2023.

  2. Marco pare de passar vergonha meu caro, está feio demais. Caso não saiba essa resolução do MEC limita-se para as instituições federais e particulares, já as universidade estadual do Maranhão é regida pelo Conselho Estadual de Educação/ CEE portanto não foi alcançada por essa resolução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *