0

Flávio Dino vai gastar R$ 25 milhões apenas com lanches no Palácio dos Leões…

Gasto consta de edital de licitação no valor global de R$ 46,6 milhões, aberto pelo comunista para contratação de alimentos para a despensa da sede do governo; garrafa de água mineral de 500 ml chega a custar mais de R$ 2,00

 

COMILÃO. Flávio Dino exibiu sobrepeso no debate da Mirante; mas com este tanto de lanche no Palácio não era para menos

O Edital de Licitação número 0047924/2018, publicado na sessão “Terceiros” do Diário Oficial do Estado, em 10 de julho de 2018, prevê o gasto de R$ 46,6 milhões para compra de produtos para a despensa do Palácio dos Leões.

Autorizada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) a contratação prevê gastos de R$ 25 milhões apenas na compra de lanches, cada um a R$ 30,00.

São mais de 1 milhão de lanches até o final do governo.

O que chama atenção no gasto com este tipo de coisa para o Palácio dos Leões é o fato de Flávio Dino ter criticado o governo anterior por contratar este mesmo tipo de serviço.

Na sua lista de compra para o Palácio dos Leões, Flávio Dino não fez questão de economizar.  Vai gastar, por exemplo, R$ 64,00 por cada unidade de quentinha.

PROVA CABAL. Documento da licitação publicado no blog de Filipe Mota. Contrato já em andamento

Segundo revelou o blog de Filipe Mota, umas das empresas participantes da licitação, Vitória Serviços Gerais e Empreendimentos LTDA., ainda tentou impugnar o certame, mas teve seu pedido indeferido em 23 de julho. (Leia aqui)

O edital do Palácio dos Leões é mantido em sigilo pelo governo comunista e não se tem acesso às informações no Portal da Transparência, o que torna difícil saber questões como a vencedora e a vigência.

No debate da TV Mirante, Flávio Dino mentiu quando questionado sobre os gastos pela ex-governadora Roseana Sarney.

– Trata-se de Ata de Registro de preço, com validade de cinco anos, que poderia ou não se tornar gasto efetivo” – afirmou Dino.

O D.O.E. desmente o comunista e prova que o gasto de R$ 46,6 milhões está em plena efetivação.

E talvez por tantos lanches o governador exibiu sobrepeso no programa da TV Mirante…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *