0

Candidatos sujam sessões e Justiça Eleitoral faz de conta que não vê…

Panfletos, santinhos e “colas” foram espalhadas desde cedo nos locais de votação, deixando a cidade toda imunda com material de propaganda, aos olhos de juízes e promotores, que, afinal, estão nem aí para o processo

 

SUJÕES. Candidatos espalharam santinhos e panfletos em local de votação, aos olhos fechados da Justiça Eleitoral

São Luís amanheceu imunda com material de propaganda espalhado em vários locais de votação.

Cabos eleitorais de candidatos – e bocas-de-urna disfarçados – descartaram milhares de santinhos e panfletos logo nas primeiras horas da manhã, diante dos olhos fechados da Justiça Eleitoral.

Enquanto juízes e promotores ameaçam blogs, censuram a cobertura jornalística das eleições, candidatos vão cometendo um crime atrás do outros, e ainda recebem tapinha nas costas dos representantes da Justiça.

Aliás, se quisessem mesmo fazer o papel para o qual são pagos, bastaria que juízes e promotores fossem ontem aos comitês eleitorais ou às casas de candidatos para flagrar a compra desenfreada de votos disfarçada de “pagamento de pessoal de campanha”.

A simplicidade é a mesma para punir os sujões.

É só pegar o santinhos espalhados nas ruas e fazer a punição em massa dos candidatos identificados no material espalhado nas ruas.

Isso se a Justiça Eleitoral realmente fizesse o que precisa ser feito…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *