3

Qual o futuro político deles?!?

Com 30,07% dos votos, Roseana preserva o espólio eleitoral que o grupo Sarney mantém historicamente no Maranhão – e com os 28% em São Luís, crava nome na capital maranhense; o tucano Roberto Rocha terá que se reinventar para 2020 ou 2022

 

CAMINHOS DIVERSOS. Roseana mantém espólio do grupo Sarney; Roberto Rocha tem futuro político incerto

Enquanto a ex-prefeita Maura Jorge (PSL) já anunciou sua permanência no embate político – inclusive no segundo turno – o ex-candidatos Roseana Sarney (MDB) e Roberto Rocha (PSDB) ainda mantêm silêncio sobre o resultado das eleições.

Mas o resultado das urnas para eles pode acenar com novos projetos.

A princípio, o índice de 30,07% dos votos em Roseana podem parecer pouco para quem já foi quatro vezes governadora; ela, no entanto, preservou o patamar de votos do grupo Sarney, mesmo em uma campanha adversa.

Roseana teve nada menos que 28,03% dos votos em São Luís, preservando o mesmo patamar estadual sarneysista.

A situação de Roberto Rocha é mais complicada.

O senador tucano registrou apenas 64.446 votos, ou 2,05%, uma votação catastrófica para quem havia sido consagrado quatro anos antes.

Pior para Roberto: sua vaga no Senado em 2022 tende a ser disputada pelo próprio governador Flávio Dino (PCdoB), que estará concluindo o segundo mandato; ou por Roseana, que pode fazer essa opção tática.

De uma forma ou de outra, Roberto Rocha tem quatro anos para se consolidar como senador e buscar, ao menos, garantir uma eleição de deputado federal após concluir seu mandato.

A menos que queira concorrer com dois nomes bem mais robustos…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Roseana Sarney, ainda tem salvação!, agora Roberto Rocha, terá que pedir perdão de joelhos, ao seu padrinho político, pois restou claro que aquele só é , senador graças a ele.
    A branca, tem um eleitorado de 30%, cristalizado. Esse percentual bem trabalhado, dará a ela gás pra futuramente continuar viva politicamente.
    Roseana perdeu essa eleição por ter negligenciado no seu último mandato, quando deixou Lobinho ir sozinho pra forca. Só resta agora a ela, dá a cara a tapa, e se possível de alguma forma, ir pensando na disputa a prefeitura de São Luís, o que daria ao seu grupo alguma sobrevivência na política desse Estado. Se o grupo Sarney esperar a próxima disputa ao governo do Estado para aparecer, esse sim será o sepultamento definitivo dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *