0

Neto Evangelista participa da abertura da Semana Mundial da Alimentação…

O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) participou, nesta terça-feira (16), da abertura da programação alusiva ao Dia Mundial da Alimentação, realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social do Maranhão, no Palácio Henrique de La Roque. O objetivo é chamar a atenção da população maranhense para a luta contra a fome.

Com o tema “Nossas ações são nosso futuro. Um mundo de Fome Zero até 2030 é possível”, o seminário que deu início ao evento foi ministrado pelo palestrante Marc Arthur Strock e contou com a participação de estudantes de diversas instituições de ensino do Maranhão, além de várias personalidades da área de segurança alimentar.

No evento, também foi lançado o Caderno de Apoio Pedagógico e Administrativo, fruto do Grupo de Trabalho em Educação Alimentar e Nutricional (EAN), que será disponibilizado para as Unidades Regionais de Educação (URE).

Para o deputado, a política de segurança alimentar teve um avanço considerável no Maranhão. “Saímos de seis equipamentos de segurança alimentar para 25, o primeiro banco de alimentos do estado está pronto para funcionar e o Maranhão tem a primeira cozinha comunitária quilombola do Brasil. Enfim, tivemos muitas melhorias”.

“Mas a fome ainda é um problema global que precisa ser eliminado. E a responsabilidade é de toda a sociedade [poder público, organizações não-governamentais e setor privado], que precisa estar unida, global e localmente, para melhorar a oportunidade de todos viverem vidas saudáveis e produtivas”, finalizou Neto Evangelista.

A programação seguirá até o dia 19, com a realização de ações de educação alimentar e nutricional nos Restaurantes Populares da região metropolitana de São Luís, na Cozinha Comunitária do Bequimão, no Terminal de Integração da Praia Grande e na Praça do Viva Maiobão.

Entre as atividades programadas: feira de produtos agroecológicos; exposição de alimentos das comunidades tradicionais; atendimento e orientação nutricional; aferição de pressão arterial; teste de glicemia; exposição e degustação de alimentos naturais aproveitados integralmente; distribuição de materiais educativos sobre alimentação saudável, entre outras ações.

Da assessoria

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *