2

Como assim, Paulo Marinho?!?

Não parece coerente a reclamação de traição feita pelo ex-deputado federal contra o prefeito de Caxias, Fábio Gentil; o resultado no município mostra números excepcionais para o seu filho, o candidato a deputado federal Paulo Marinho Jr.

 

Paulo Marinho e Paulinho: acusação de traição dissonante dos números da eleição em Caxias

À primeira vista, soa incoerente a reclamação do ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho, de que seu filho, o candidato da deputado federal Paulo Marinho Jr. (PP) teria sido traído pelo prefeito Fábio Gentil (PRB).

Marinho-pai acusa Gentil de ter favorecido o deputado federal Cléber Verde (PRB).

– O próprio Fábio Gentil, nas reuniões que fazia, dizia: meu candidato é o Paulinho. Eu preciso de um deputado federal ajudando a minha administração. Mas, por exemplo, no dia da eleição, estavam os sobrinhos dele almoçando no Gran Brasile com o adesivo do Cleber Verde. Então, é estranho o prefeito da cidade, que foi eleito com nossa ajuda, no dia da eleição, a família dele toda com o adesivo de Cleber Verde. É muito esquisito isso. Em nenhum momento deixamos de dizer que o nosso deputado estadual era o José Gentil. Nós não usávamos o boton do Paulinho e de outro candidato a estadual. Nós apoiamos o José Gentil – disse Paulo Marinho, segundo o blog do Gláucio Ericeira. (Leia a íntegra aqui)

Mas a análise dos números da eleição em Caxias não corroboram a grita do ex-prefeito.

Paulo Marinho Júnior alcançou nada menos que 30.822 votos no município onde é vice-prefeito; são apenas 665 votos a menos que os 31.487 dados para deputado estadual em José Gentil (PRB), pai do prefeito.

A votação de Paulinho é mais de duas vezes maior que a do segundo colocado, Rubens Pereira Júnior (PCdoB), apoiado pela família Coutinho.

Cléber Verde, que Paulo Marinho diz ter recebido o apoio da família de Gentil, ficou apenas numa terceira posição, com distantes 4.889 votos.

José Gentil com Fábio Gentil: votação quase idêntica para seus dois anunciados candidatos

Proporcionalmente, os 41,88% de votos de Paulo Jr. é um dos índices mais altos dentre todos o candidatos proporcionais no Maranhão.

Para efeito de comparação, a votação de Eduardo Braide (PMN), mais votado em São Luís, foi de apenas 25,83%.

Dentre os candidatos a deputado federal, apenas Josimar de Maranhãozinho (PR) alcançou índice superior na terra onde foi prefeito, superando 83% dos votos.

É necessário, portanto, que Paulo Marinho explique mais claramente, em números, onde se deu a traição de Fábio Gentil.

É simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Da para se observar que faltou trabalho em outras regiões para complementar essa excelente votação que ele teve em Caxias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *