4

Ação contra Bolsonaro é igual a de Flávio Dino; mas vai andar mais rápido…

Denúncia contra o candidato a presidente é de abuso de poder, mesma acusação que já rendeu ao governador maranhense a decretação de sua inelegibilidade. Mas a do candidato do PSL já está no TSE; e é só a primeira

 

O candidato a presidente pelo PSL, Jair Bolsonaro, caso seja eleito no próximo dia 28, deve perder o mandato por abuso do poder.

Uma Ação de Investigação do Mandato Eletivo impetrada pelo PT, denuncia Bolsonaro de ter a campanha na internet financiada por empresários, que pagaram pelo menos R$ 12 milhões por fake news contra seus adversários.

A ação contra o presidenciável é parecida com que foi feita contra o governador Flávio Dino – já tornado inelegível em primeira instância. (Relembre aqui)

A diferença é que a ação de Flávio Dino ainda tramitará em todas as instâncias da Justiça Eleitoral; a de Bolsonaro, não. Esta já está no Tribunal Superior Eleitoral.

E já tem até relator: o ministro Jorge Mussi, corregedor-geral eleitoral.

Mas, assim como Flávio Dino – que enfrenta outras diversas ações – Bolsonaro será processado também pelo PDT, que pretende pedir a anulação do primeiro turno das eleições presidenciais.

E a julgar pelo que disse o ex-presidente do TSE, ministro Luiz Fux, o destino do virtual presidente é incerto.

– Uma propaganda que visa destruir a candidatura alheia pode gerar uma configuração de abuso de poder que pode levar a uma cassação. Se o resultado de uma eleição for fruto de uma fake news capaz de ter essa expressão, anula a eleição – afirmou Fux, durante evento da revista Veja, ainda no mês de abril. (Relembre aqui)

O futuro político de Bolsonaro, portanto, é absolutamente incerto…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Aceita q dói menos! Duas derrotas e vc ainda acha q vai existir tapetão? Hahahahahabab
    Fracassados!

  2. isso e persequiçao por parte do pt mas vai perder feio e presidente vai ser bolsonaro por 4 anos com fe em deus a raça do pt ja ta e fedendo

  3. Vi muitas mensagens sobre Haddad e todas eram verdadeiras fake news é quando o candidato usa mentiras, ele não usou tudo que foi falado aconteceu o Paul também deveria entrar com processo de inelegibilidade contra o PT pois eles sim usaram fake news é usaram durante toda campanha é não só contra o candidato mas também contra a nação pois tentar convencer a nação de que é fake news o kit gay, quando vimos ele como ministro da educação dizer que havia enviado ao MEC , isso é enganação kd os advogados do psl que não encheram isso?os os argumentos de vcs, fizeram direito é não conseguem argumentar? Tenha paciência.

  4. Eles não vão conseguir derrubar Jair Messias Bolsonaro
    PT O único partido que não fez acordo contra feke, agora vem com essa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *