0

Marina Silva declara apoio a Haddad..

Ex-candidata a presidente reconhece o momento crítico do país, o risco que a democracia corre e, mesmo com críticas ao candidato do PT, reconhece que ele é o melhor caminho para o país se manter livre

 

Marina ao lado de Haddad em um dos debates do primeiro turno: apoio crítico contra a banalização do mal

Na reta final do segundo turno, a ex-candidata a presidente pela Rede Sustentabilidade, Marina Silva, declarou apoio nesta segunda-feira, 22, ao candidato do PT, Fernando Haddad.

Marina faz críticas duras ao PT – sobretudo pela incapacidade de fazer sua mea culpa – mas reconhece que, dentre as opções que estão em jogo, Haddad é infinitamente melhor que a opção pelo autoritarismo e pelo risco à democracia.

– Diante do pior risco iminente de ações que, como diz Hannah Arendt, “destroem sempre que surgem”, “banalizando o mal”, propugnadas pela campanha do candidato Bolsonaro, darei um voto crítico e farei oposição democrática a uma pessoa que, “pelo menos” e ainda bem, não prega a extinção dos direitos dos índios, a discriminação da minorias, a repressão aos movimentos, o aviltamento das mulheres, negros e pobres, o fim da base legal e das estruturas da proteção ambiental, que é o professor Fernando Haddad – disse Marina, em um longo texto publicado na internet.

Com o apoio de Marina, Haddad reúne três dos candidatos de centro-esquerda que disputaram o primeiro turno.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *