14

Fernando Haddad é a melhor opção para o país…

Votar no Bolsonaro ignorando seu discurso de ódio é tão covarde quanto apoiá-lo apenas para prejudicar o governo maranhense; o momento é de reflexão diante do abismo iminente, não de disputa ou gestos de vingança

Editorial

Este blog tem posições firmes contra o governo Flávio Dino (PCdoB) e seus satélites nas prefeituras, nos tribunais, na imprensa…

E se manterá firme na crítica a este projeto que, entende, assola o Maranhão há quatro anos.

Mas este blog não pode aceitar que o voto em Jair Bolsonaro (PSL) para presidente seja visto apenas como “uma forma de derrotar o Flávio Dino”.

Nas últimas semanas este blog assiste estarrecido o caminhar – feito rebanho – de uma parcela considerável da população maranhense, movida pelas fakes news e robôs que invadiram a internet com mensagens do capitão.

O pior é ver gente com histórico de militância na esquerda – e até com passagens pelo PT – com discurso de vingança, lenientes e querendo dar lição de moral ao partido.

O pior é ver gente que sempre esteve ao lado de Lula de repente passar a entender que Bolsonaro seja opção de poder no Brasil apenas pelo fato de ser ele “inimigo de Flávio Dino”.

Pelo seu próprio histórico e perfil, Bolsonaro jamais deveria ser ao menos cogitado como possibilidade de poder de quem se considera estudado e viajado.

Bolsonaro não é um teste para a democracia, como podem pensar alguns; ele é o próprio fim da democracia.

Votar no Haddad – mesmo com toda a cúpula do PT presa, como questionam por aí – este sim é um exemplo de democracia.

Só em ambientes democráticos, um partido pode ter seu principal líder condenado e preso – de forma questionável, para dizer o mínimo – e, mesmo assim, continuar a jogar o jogo democrático, respeitando as instituições e o país.

Haddad nunca pregou o fechamento do Supremo Tribunal Federal, como faz Bolsonaro e seus agregados;

Haddad nunca ameaçou prender ou expulsar do país aqueles que lhe fazem oposição, como fez o próprio Bolsonaro;

Haddad nunca questionou a segurança das urnas eletrônicas, como questiona Bolsonaro e os seus.

Para o Maranhão, votar em Haddad é muito mais que beneficiar o Flávio Dino; é defender o próprio Brasil.

Votar em Haddad é dizer que ainda há esperança a um mundo estarrecido com o caminhar entorpecido dos brasileiros.

É impossível conceber que não se possa pensar no risco às mulheres, na ameaça aos nordestinos, aos negros e índios, apenas por que se vê em alguém uma forma de atravancar o próprio Maranhão.

É com esta consciência social e política, com a convicção de que se trilha o caminho certo, que este blog faz um apelo ao Maranhão, a cinco dias pleito.

E sentencia: Haddad é a melhor opção para o país.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

14 Comments

  1. Só sendo muito, mas MUITO imbecil para eleger um asno do naipe de Bolsonaro.

  2. Com todas as minhas reticencias que tenho a você e ao seu “modelo” politico, reconheço que foi coerente em sua análise. Parabéns !

  3. Surtou MD ? Teu gardenal acabou ? Achou pouco o que esse PT fez nesses 13 anos de roubalheiras ? Francamente ……

  4. Entendo que votar em Haddad é ser cúmplice de toda roubalheira praticada na Petrobras, no BNDES. Votar en Haddad é ser cumplice dos assassinatos de Celso Daniel, Paulinho do PT e da tentativa de assassinato a Bolsobaro.
    Votar em Haddad é ser cumplice da fome, da míseria e dos crimes cometidos pelos sanguinários ditadores como e de Cuba, Venezuela, etc.
    Votar em Haddad é achar que crucifixo é um instrumento sexual, que Jesus Cristo é gay e negar a existência de Deus.
    Votar em Haddad é ser cumplice das milhares de pessoas que morreram nas filas de hospitais e assassinadas em todas as ruas de todas as cidades brasileiras.
    SIMPLES ASSIM!

  5. Sem palavras para expressar o sentimento de pavor com tudo que está se construindo de tenebroso para o futuro do nosso País.
    Muito coerente o seu posicionamento, Marcos.

  6. #B17 Maranhão Brasil, já votei para essa turma 2 vezes em Lula e outras 2 vezes em Dilma, mas chega de PT…
    Vamos fazer a mudança.
    Meu partido Brasil #robô #mito #caixa2…

  7. Sou eleitor de Timon, votei duas vezes no Lula, duas vezes na Dilma. Este ano, no primeiro turno, votei em outro candidato e agora no segundo exercerei minha cidadania indo às urnas. Mas no PT não voto mais.

  8. Deus me livre de PTISTA, LULISTA, COMUNISTA e seus aliados, quem viveu esses 16 anos, sabe que essa turma não merece mais nenhum voto de confiança!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *