2

A importante virada de Roberto Costa em Bacabal…

Deputado estadual sentou praça no município e conseguiu vencer o poderio demonstrado pelo governador Flávio Dino; vitória consolida também a liderança de Costa no grupo político liderado pelo senador João Alberto

 

SANGUE E SUOR. Roberto Costa em discurso com Brandão: vitória após dedicação integral a Bacabal

A vitória do prefeito Edivan Brandão (PSC) em Bacabal, na eleição suplementar do último domingo, 28, representa também uma virada pessoal na carreira do deputado estadual Roberto Costa (MDB).

Ele próprio candidato a prefeito de Bacabal em 2016, Costa acabou derrotado pelo inelegível ex-prefeito Zé Vieira (PR), que contou com apoio da máquina governamental.

– Foram dois anos de batalha jurídica para provar que Vieira não poderia, sequer, ter-se candidatado. Finalmente vencemos no TSE, que marcou a eleição para o mesmo dia do segundo turno presidencial – lembrou Roberto Costa.

CARINHO E RECOMPENSA. O parlamentar fez a campanha da mesma forma como a de 2016, com intensa movimentação popular

Depois de vencer a batalha jurídica contra Zé Vieira, o deputado do MDB teve que enfrentar, ao lado de Edivan Brandão outra batalha: a força da máquina apoiada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), que tentou usar a mesma tática da eleição de Coroatá, que acabou decretando sua inelegibilidade.

– Foram semanas difíceis, sob vigília da polícia e com a presença de senadores, deputados federais, estaduais e do próprio governador em Bacabal, que parecia sitiada pela força do governo. Mas vencemos com honra – frisou o parlamentar.

STATUS DE CANDIDATO. Roberto Costa viveu com a mesma intensidade nas ruas a campanha do aliado

A vitória em Bacabal também consolida Roberto Costa como herdeiro do grupo político liderado pelo senador João Alberto de Souza, que se aposenta ao fim do atual mandato.

E o cacife conseguido em Bacabal dá a ele condições de brigar pelo espólio do MDB maranhense pós eleição estadual.

Com perspectivas de já preparar o partido para as eleições de 2020, inclusive em São Luís.

Mas esta é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Engraçado que flavio dino madou 136 policiais p bacabal e depois mandou recolher tidis no quartel para que os policiais viciados que devem cesar brito pudesse trabalhar contra edvan brandao e o pior sobre o comando de sub comandante da policia Militar Maranhão o senhor coronel pedro ribeiro foi p bacabal p receber ordens de cesar brito que vergonha o juiz de bacabal humilhou esse coronel la no forun na hora da apuração kkkkkk

  2. Quanta idiotice falada!! Blogueiros de merdas!!! Todos preocupados cm os próprios umbigo, corja nojenta!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *