1

Juiz Júlio Prazeres será relator da inelegibilidade de Flávio Dino no TRE…

Processo no qual o governador comunista já foi condenado em primeira instância por abuso de poder nas eleições de 2016 será analisado pela Corte Eleitoral maranhense, mas chegará fatalmente ao TSE

 

INELEGÍVEIS E SUB JUDICES. Márcio Jerry e Flávio Dino foram condenados no mesmo processo

O juiz Júlio César Prazeres será o relator no Tribunal Regional Eleitoral do processo que já levou à condenação do governador Flávio Dino (PCdoB) em primeira instância.

Caberá ao magistrado decidir se confirma ou não a decisão da juíza da 8ª Zona Eleitoral de Coroatá, Anelise Nogueira Reginato, que condenou Dino e decretou sua inelegibilidade até 2024, juntamente com o secretário Márcio Jerry e mais o prefeito de Coroatá, Luizinho da Amovelar, e seu vice, Domingos Alberto.

Flávio Dino foi condenado por abuso de poder nas eleições de 2016.

A sentença da juíza foi dada em junho; o comunista e os demais condenados recorreram, mas a magistrada manteve a decisão, que chega agora para análise do TRE. (Saiba mais aqui)

O relator do caso foi juiz auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça na gestão do desembargador Cleones Cunha, e chegou junto com ele ao TRE, no final de 2017.

O voto de Júlio Prazeres será analisado também pelos demais membros da Corte Eleitoral maranhense.

Mas qualquer que seja o resultado será encaminhado em forma de recurso ao Tribunal Superior Eleitoral.

O processo contra Flávio Dino fatalmente chegará ao Supremo Tribunal Federal.

E só deve ter um desfecho em 2020 ou 2021…

Leia também:

Segundo turno no Maranhão será nos tribunais…

Flávio Dino pode ficar inelegível até 2030…

CNJ manda arquivar denúncia de Flávio Dino contra juíza que o condenou...

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *