0

“Não sou dinista nem sarneysista”, diz Wellington na Assembleia…

Deputado estadual optou por não se vincular a nenhum bloco na Assembleia Legislativa, mantendo a independência em relação ao governo e à oposição formada por remanescentes do grupo Sarney

 

Wellington do Curso se prepara para as eleições de 2020, por isso quer manter independência na Assembleia

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) anunciou nesta terça-feira, 5, seu posicionamento político na Assembleia legislativa a partir desta legislatura.

O parlamentar optou por não se vincular a nenhum bloco, para manter a independência na Casa.

– Não sou dinista nem sarneysista. Sou independente. E é com esta postura que atuarei na Casa, fazendo uma oposição responsável – explicou o parlamentar.

Wellington demonstra forte antipatia ao governo Dino, sobretudo pela tentativa de impedir sua reeleição no pleito de 2018; mas também não se sentiu à vontade para vincular seu nome ao sarneysismo, filiando-se a um bloco liderado pelo deputado Adriano, agora sem Sarney no sobrenome.

Em conversa com o titular do blog Marco Aurélio D’Eça, Wellington confirmou que pretende continuar filiado ao PSDB, para ser candidato a prefeito de São Luís, em 2020.

Segundo o parlamentar, é a partir de sua independência na Assembleia – sem vínculos com dinistas ou sarneysistas, é que pretende construir sua candidatura.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *