1

Mudanças no governo Flávio Dino apontam para 2020 e 2022…

Governador quer garantir espaços de poder para a maior parte de sua base de apoio, garantindo, assim, tranquilidade para conduzir seu projeto nacional sem perder o foco estadual

 

Sem adversários de peso no horizonte, Dino quer garantir tranquilidade para montar seu projeto nacional

As mudanças que o governador Flávio Dino  (PCdoB) vem operando em seu secretariado,mexendo também com sua base na Assembleia Legislativa, tem um objetivo imediato e outro de longo prazo.

A curto prazo, Dino quer garantir espaços de poder para a maior parte dos aliados que ficaram sem mandato na Assembleia e na Câmara Federal; por isso é que a troca de secretários deve garantir até mesmo a volta de Valéria Macedo (PDT) à Casa.

Ela é a quarta suplente do chamado chapão, mas os três primeiros já têm mandato garantido.

A ideia do comunista era garantir também outros aliados como deputado federal – além de Gastão Vieira (Pros), que assumirá na vaga de Rubem Júnior (PCdoB).

Com a base contemplada, o governador quer ter tranquilidade para aprovar o que pretender na Assembleia e ficar livre para seu projeto nacional, de ser candidato a presidente.

E este é o objetivo de longo prazo da reforma de agora.

Para abrir mais vagas na bancada federal, ele tentou trazer também Bira do Pindaré (PSB) para a Secretaria de Meio Ambiente, proposta recusada pelo socialista – o que pode ter custado o apoio para seu projeto municipal de 2020.

Mas esta é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. “Garantir… Garantindo” é pressa do analista. Mas esse projeto “Flaviano” tem tudo para não dá certo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *