0

Palácio dos Leões tenta impor Rubem Júnior a aliados…

Governo Flávio Dino potencializa atos com a presença do pré-candidato comunista a prefeito, mas incomoda lideranças de outros partidos

 

FLÁVIO DINO TEM FORÇADO A BARRA EM FAVOR DO AUXILIAR RUBENS PEREIRA JÚNIOR, mas os aliados não apostam na viabilização do nome comunista em São Luís

Quem se movimenta entre os palácios dos Leões e La Ravardiere, onde estão os aliados Flávio Dino (PCdoB) e Edivaldo Júnior (PDT), tem cruzado cada vez mais com o secretário de Cidades, Rubens Pereira Júnior (PCdoB) como protagonista de agendas.

Dino tenta impor o nome de Pereira Júnior como candidato comunista à sucessão de Edivaldo, embora os aliados vejam com desdém o nome do deputado federal na disputa.

Aliados e auxiliares de Edivaldo Júnior dizem que a presença de Rubens Júnior nos eventos ligados ao Palácio tem sido estimulada, como forma de fazer seu nome ganhar robustez.

A última pesquisa qualitativa sobre os nomes postos na capital maranhense mostraram que Pereira Júnior tem pouca ou quase nenhuma presença entre os eleitores ludovicenses.

Perde, por exemplo, para o colega de partido Duarte Júnior, que tem o melhor desempenho entre os postulantes da base dinista.

Na lista de opções entre os aliados de Dino de Edivaldo têm nomes de muito mais peso em São Luís, como Neto Evangelista (DEM) e Bira do Pindaré (PSB).

E a insistência no nome do atual secretário de Cidades já começou a virar piada entre lideranças e aliados do grupo.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *