0

“Guerra” entre Duarte Júnior e Neto Evangelista tem insufladores no Palácio…

Principais nomes da base governista para a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior, deputados se engalfinham verbalmente na Assembleia; mas a animosidade entre os dois tem sido construida por quem pretende vê-los fora da disputa

 

DUARTE JÚNIOR E NETO EVANGELISTA: DISPUTA ENTRE OS DOIS INTERESSA DIRETAMENTE SEUS ADVERSÁRIOS no Palácio dos Leões e na Prefeitura de São Luís

Os deputados estaduais Duarte Júnior (PCdoB) e Neto Evangelista (DEM) são os dois principais nomes da base do grupo Flávio Dino (PCdoB)/Edivaldo Júnior (PDT) na disputa pela Prefeitura de São Luís.

Mas há, na própria base governista, quem se incomode com a possibilidade de um deles vir a ser ungido candidato único dos dois palácios.

E este incômodo tem levado muitos a insuflar uma antipatia mútua de Neto Evangelista por Duarte Júnior; e vice-versa.

Obviamente que os interessados nessa guerra têm apenas um objetivo: enfraquecer os dois adversários antes mesmo do início das discussões partidárias sobre formação de alianças.

Impulsivo e petulante, Duarte Júnior já conseguiu se inviabilizar com boa parte dos colegas de Assembleia – e tem sofrido retaliações inclusive no próprio Palácio dos Leões e no PCdoB.

Mais sereno e equilibrado, Neto Evangelista passou também a nutrir certa antipatia pelo colega comunista, exatamente por causa da hegemonia como candidato do grupo holandinista.

E essa disputa entre os dois só beneficia outros candidatos da base governista menos populares e carismáticos – como Bira do Pindaré (PSB) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB).

Curiosamente, são estes dois últimos os nomes mais palatáveis aos barões do Palácio dos Leões.

A animosidade entre Neto Evangelista e Duarte Júnior pode inviabilizar os dois pré-candidatos antes mesmo do início da campanha.

E um pode ajudar o outro a se afogar…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *