3

Flávio Dino antecipa campanha presidencial…

Governador tira licença do mandato e sai em articulações com lideranças políticas e partidos de esquerda – e já alcançou o objetivo inicial do seu projeto: a polarização com o presidente Jair Bolsonaro

 

FLÁVIO DINO COM REPRESENTANTES DO PSB EM BRASÍLIA; debate presidencial antecipado pela acusação de golpe de Bolsonaro

O governador Flávio Dino (PCdoB) está em franca campanha pela presidência do Brasil.

O encontro desta quarta-feira, 24, com lideranças do PSB, é mais um ponto da estratégia iniciada semana passada, com declarações de membros do PCdoB em defesa de sua candidatura. (Relembre aqui)

O que Flávio Dino não esperava era que o próprio Bolsonaro antecipasse em mais de três anos o processo eleitoral e mostrasse ao público seu incômodo com o comunista maranhense, exibido na conversa vazada entre ele o ministro da Casa Civil, Onix Lorenzoni sobre o “Paraíba governador do Maranhão”.

O governo federal se voltou contra Dino; seus agentes, ministros e aliados têm se manifestado cada vez mais sobre o comunista, o que só faz crescer a onda em torno do governador.

O efeito colateral desta exposição antecipada é o resultado prático que o comunista tem a apresentar de seu governo, cada vez mais vidraça aos olhos da mídia nacional.

Mas esta é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Tô torcendo pra esse fracassado ser candidato. Só assim tenho certeza que ele vai ficar sem mandato e o unico cargo que ele vai arrumar vai ser na penitenciaria.

  2. No fundo Flávio Dino sabe dos seus inúmeros telhados de vidro e de suas vastas limitações, que a sua mídia comprada e essa mantra de “inteligente”, redenção de uma governança pública, ex-juiz não cola mais! e que não é páreo pra uma disputa desse quilate, mesmo se tivesse realizando um excepcional governo. As esquerdas, por outro lado, têm nomes muito melhores, até no próprio PT tem postulantes mais expressivos. Egocêntrico, vaidoso, quer é estar no centro do debate nacional mesmo que a sua péssima gestão seja em brevíssimo tempo devassada pela grande imprensa brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *