1

Edivaldo anuncia amplo pacote de investimentos na saúde em São Luís

Recursos serão aplicados no Socorrão II, unidades básicas, hospital da criança, além da compra de equipamentos hospitalares, de odontologia, mobília hospitalar e equipamentos de informática

 

EDIVALDO JÚNIOR COM LULA FYLHO, secretário de Saúde, que vai coordenar o amplo pacote de investimentos na área

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) anunciou terça-feira, 20 um grande pacote de investimentos para a área da saúde.

Serão investidos recursos em oito unidades básicas de saúde; na Ouvidoria; no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest); na Usina de Gás da UPA da zona rural; no Hospital Socorrão II; no Ambulatório do Hospital da Criança; nas Unidades Mistas do Bequimão e no São Bernardo; no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Alemanha; e na Escola Técnica do SUS (ET-SUS).

– Hoje anuncio com prazer mais essas boas notícias para a área da saúde. São investimentos que vêm para aperfeiçoar o trabalho realizado e que vai beneficiar a população ludovicense, nos fazendo avançar ainda mais na área da saúde – destacou o prefeito Edivaldo Holanda (PDT).

Também no pacote de investimentos, está a aquisição de equipamentos de odontologia – cadeiras odontológicas completas e ultrassom-odontológico – além de 95 equipamentos de informática, mais de 300 equipamentos hospitalares e mais de 2,6 mil itens de mobílias hospitalares.

Foi anunciada também a aquisição de dois veículos para zoonoses, de cinco ambulâncias para o Samu, 93 monitores multiparamétricos, além de 50 carros maca avançados, quatro aparelhos de raio-x móvel e um aparelho de raio-x fixo digital.

O anúncio foi realizado durante o seminário Gestão de Resultados na Saúde de São Luís, organizado pela Secretaria Municipal de Saúde para apresentar os avanços já alcançados na rede municipal e pontuar como a gestão vem superando problemas históricos com modernização e humanização.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Amigos,quando a promessa é demais o pobre desconfia.O hospital da criança que era para ser inaugurado antes da reeleição do prefeito ,só foi reaberto o térreo por ação judicial e nada mais. O ministério público precisa ficar com os olhos abertos e espero que algum vereador fiscalize essas altas compras para não serem super faturadas nessa época de pré campanha. Tem bode nesse pasto de vaca. Será que alguém lembra da licitação de quase 1 milhão direcionado dentro da Semus para ajudar parentes fantasma do comandante. Só Deus na causa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *