24

A farsa da “cerveja maranhense” da Ambev…

Além de ser produzida em outro estado, produto supostamente local – anunciado assim por ter mandioca na composição – trata-se apenas da reprodução da mesma fórmula já usada em Pernambuco e Ceará

 

CERVEJA DE MANDIOCA DA AMBEV: mesmo produto, produzido em Pernambuco, é rotulado com nomes diferentes, dependendo do “estado de origem”

A Cervejaria Ambev lançou com estardalhaço, há alguns meses, a cerveja Magnífica, supostamente produzida genuinamente no Maranhão.

Era uma tentativa de fazer frente às cervejas mais populares e baratas, para alcançar consumidores distantes dos sabores puro malte, que vêm ganhando força em todo o país. (Entenda aqui e aqui)

Mas é enganosa a propaganda da Ambev para a Magnífica.

Além de ser produzida em Pernambuco – e não no Maranhão, como faz pensar a propaganda – a Magnífica é, na verdade, apenas a reprodução de uma fórmula igual, já produzida no próprio estado de Pernambuco e no Ceará.

Nos dois estados a cerveja de mandioca é vendida com os nomes de “Nossa” e “Legítima”, respectivamente.

Mas trata-se da mesma cerveja, vendida no Maranhão com o rótulo “Magnífica”

O que a Ambev usa do Maranhão é apenas a mandioca, comprada de produtores locais e levada para pernambuco, onde se junta à produção de vários outros estados para produzir a mesma cerveja, que usa um nome em cada estado.

E é esta a história da suposta cerveja “genuinamente maranhense”…

Marco Aurélio D'Eça

24 Comments

  1. Meu caro, meu tio é químico da AmBev, eu já sabia dessa farsa há muito tempo. Isso foi apenas um golpe de marketing, pra banhar mercado, pois a AmBev perdeu muito espaço com a chegada da Preta, Devassa, Eisenbhar e Glacial. Ninguém mais quer beber xarope de milho como Skol e Brahma que dão uma ressaca dos inferno.

  2. Olá, eu trabalho na cervejaria Equatorial aqui em São Luís, onde a Magnífica é produzida. Seu texto é pura fake news, não passa de achismos. A Cerveja Magnífica é genuinamente Maranhense, há todo um cuidado pra que ela seja original como é, única. As cervejas que você mencionou, Pernambucana e Cearense, elas são mais semelhantes devido ao processo de frabricação, a Magnífica é a mais excêntrica, em todo o âmbito: Fermentação, maltização, brilho etc…
    A Magnífica tem como componente principal que enfatiza mais o fato de ser maranhense: a mandioca, cultivada por 78 famílias do interior do estado.

    • Esse Marco Aurélio D’eça e outros blogueiros aqui de São Luís não tem credibilidade nenhuma amigo, todos sabem disso, tudo por acessos.

    • Eu também trabalho e meu tio foi químico da AmBev e atesta que o texto é verdadeiro!

    • A cerveja magnífica é top e barata está ao alcance de todos, esse blogueiro é um otário, tem invejaaaa até do povo maranhense, isso é falta de notícia, deve está ganhando algo para denegrir a imagem e a venda dos outros

    • Só queria que essa cerveja chegasse aqui no Pará. Pois ela e deliciosa demais.kkkkkk

  3. Amigo, vc está completamente enganado. A magnífica é produzida em São Luis, sim.

    • Eu tô morrendo de rir dessa matéria prq tô morto de bêbado na terceira magnífica. Kkkk a pessoa tem que ter coragem

  4. Me explica então, como a beer awards deu notas diferentes para a Magnífica, a Nossa e a Legítima? Eu até te acompanhava, mas soltar fake news desta forma, tá ruim.

  5. Se a cervejaria está comprando a matéria prima do nosso Estado ísso que importa, pois a reportagem deveria trazer outro viés.
    Sobre o aumento da produção de mandioca no Maranhão. Benefício tão simples e fácil de investir, o certo é que muitos trabalhadores rurais estão felizes em vender mais. Se a cerveja é produzida aqui não tem imotancia, e sim que a mandioca é do Maranhão então tem 99 por cento de maranhese.

    • É fabricada aqui no Maranhão, ou seja, gera mais emprego ainda. Esse cara deveria estar ajudando a “vender” este acerto, independente de política ou competição de mercado, pois se concorrentes ou políticos estão achando ruim, que façam melhor pelo estado.

  6. Isso ai ta igual o Refrigerante Jesus. Outro dia fui olhar a tampa do refrigerante e vi que ele é produzido no Ceará.

  7. Pra falar besteira vc é rápido….se informe melhor antes de passar informações falsas ….

    • Fala besteira não, mermão. Esse cara tá mentindo sobre a magnífica nosso orgulho. Basta ir na Cervejaria aqui do lado de São Luis.

      • Meu caro, meu tio é químico da AmBev, eu já sabia dessa farsa há muito tempo. Isso foi apenas um golpe de marketing, pra banhar mercado, pois a AmBev perdeu muito espaço com a chegada da Preta, Devassa, Eisenbhar e Glacial. Ninguém mais quer beber xarope de milho como Skol e Brahma que dão uma ressaca dos inferno.

    • Recentemente levei um grupo de alunos na cervejaria e lá eu não vi fabricação da mesma. No entanto, não indaquei a palestrante.

Deixe uma resposta para Marcos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *